Inicio » Internacional » África » África – Egito detém 7 homens que aparecem em vídeo de casamento gay

África – Egito detém 7 homens que aparecem em vídeo de casamento gay

Oito pessoas presas no Egito por terem aparecido no vídeo de um casamento gay divulgado na internet serão julgadas na terça-feira por incitação à depravação, indicaram nesta segunda-feira fontes judiciais.

Casamento foi filmado em um barco no Rio Nilo; seis presentes na festa foram detidos
Casamento foi filmado em um barco no Rio Nilo; seis presentes na festa foram detidos

A homossexualidade não é formalmente proibida no Egito, mas pode levar a condenações judiciais em virtude de outras disposições legais.

Sete das nove pessoas identificadas no vídeo foram presas no dia 6 de setembro. Submetidas a controversos exames médicos que procuraram detectar se eram homossexuais ou não, receberam resultado negativo.

O vídeo mostrava um casamento gay a bordo de um barco no Nilo, com dois homens no centro se beijando, trocando alianças e cortando um bolo com sua foto nele.

O vídeo circulou intensamente nas redes sociais.

A ONG Human Rights Watch (HRW), com sede em Nova York, convocou o Egito a libertar estas pessoas e condenou os exames aos quais elas foram submetidas.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).