Inicio » Educação » Cursos » Educação – Método Kumon incentiva hábito de leitura

Educação – Método Kumon incentiva hábito de leitura

O hábito da leitura não está na lista dos preferidos dos brasileiros. De acordo com o último relatório Retratos da leitura no Brasil, publicado em 2011, apenas metade da população brasileira com cinco anos de idade ou mais é leitora. Segundo o levantamento, leitor é aquele que leu, inteiro ou em partes, pelo menos um livro nos últimos três meses. O método Kumon para o ensino do português é justamente focado na criação do hábito de ler. “Para ensinar a disciplina, nós focamos na interpretação de texto. Além de o aluno aprender gramática, pois está em contato com a língua, ele desenvolve a capacidade de ler e entender de fato a mensagem que o texto tem o intuito de passar”, explica Alessandra Cristine Reis, coordenadora do setor de português da rede.

Educação - Método Kumon incentiva hábito de leitura
Educação – Método Kumon incentiva hábito de leitura

Assim como nas outras matérias trabalhadas pelo Kumon, o português é ensinado por meio do método autoinstrutivo que a rede aplica em seus alunos. “Por ser um método que instiga a capacidade autodidata, no qual o aluno desenvolve os exercícios com o mínimo de dicas do orientador, o indivíduo aprende a estudar de maneira independente”, diz Mariana. “Nosso papel é direcionar o aluno nos estudos, de modo que ele consiga aprender conteúdos de maneira independente”, fala Alessandra.

Leitura na prática

Aluno do Kumon há dois anos, Guilherme Bianchin (14), de Caxias do Sul (RS) além de ler, em média, dois livros por mês, ainda encontrou tempo para escrever sua própria obra. O autor mirim já está em fase de desenvolvimento do segundo livro da série Os Guardiões de Termíllia. O primeiro volume da série foi lançado em julho.

Segundo Angela Bianchin, mãe do aluno, Guilherme sempre foi um bom aluno, no entanto, depois de frequentar as aulas do Kumon, ele se tornou mais independente e encontrou nas aulas da disciplina de português um incentivo para continuar praticando seu gosto pela leitura. “Na verdade, o Guilherme sempre gostou de ler”, explica Angela. “Depois que ele entrou no Kumon, continua adorando praticar a leitura e sendo um bom aluno. A grande diferença é que hoje meu filho é muito mais independente. Continuo presente nas atividades escolares, de acordo com o meu tempo, mas ele se desenvolve muito bem sozinho”.

Com o objetivo de sanar as dúvidas do filho na escola, Adriana Pereira Gomes, do Rio de Janeiro, decidiu matricular seu filho Victor Augusto Gomes de Albuquerque (12) no Kumon. “Na época, ele tinha sete anos e, apesar de gostar de ler e ter muito incentivo em casa, o Victor tinha dificuldades de aprender. Ele era uma criança que demorava muito para absorver um conteúdo. Depois de quatro anos como aluno do método, meu filho lê em média dois livros por mês”, conta.

A mãe do aluno ainda afirma que o filho não se restringe a literatura mais adolescente. “O Victor lê de tudo, desde O Diário de um Banana a Dom Quixote”, afirma. Hoje, aluno que entrou com certa dificuldade na unidade do Kumon, está adiantado em sala de aula, estudando conteúdos e literaturas que estão acima de sua série escolar, nos temas que se referem à disciplina de português. “Ele consegue fazer o dever de casa sem ajuda. Sempre incentivo e fico presente, mas o Victor se vira muito bem sozinho”, finaliza. 

Sobre o Kumon – Desenvolvido no Japão pelo professor Toru Kumon em 1958, e aprimorado desde então, o método tem formado autodidatas no Brasil há quase 40 anos. Com mais de 4 milhões de estudantes, por meio de uma orientação individualizada e uma material didático autoinstrutivo, visa criar e estimular habilidades básicas de ensino como cálculo, leitura, interpretação e raciocínio lógico. Considerada a maior rede de franquias especializada em educação no País, o Kumon oferece as disciplinas de Matemática, Português, Inglês e Japonês.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).