Inicio » Economia » Etanol cai em 9 Estados e no DF e sobe em 15, diz ANP

Etanol cai em 9 Estados e no DF e sobe em 15, diz ANP

Os preços do etanol hidratado nos postos brasileiros caíram em nove Estados e no Distrito Federal, subiram em outros 15 e permaneceram estáveis em Rondônia e no Amapá na semana encerrada no sábado (20). Na semana anterior, houve queda em 12 Estados, alta em outros 13 e estabilidade em Rondônia e no Distrito Federal. Os dados são da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e mostram que no período de um mês os preços do etanol caíram em sete Estados, subiram em outros 18 e ficaram estáveis em São Paulo e Distrito Federal.
Etanol cai em 9 Estados e no DF e sobe em 15, diz ANP
Etanol cai em 9 Estados e no DF e sobe em 15, diz ANP

Principal Estado consumidor, São Paulo viu a cotação subir 0,32% na semana passada, para R$ 1,875 o litro. Na semana, o maior avanço das cotações foi registrado no Mato Grosso (5,47%), enquanto o maior recuo ocorreu em Goiás (2,48%). No mês, a maior queda ocorreu justamente em Goiás (5,37%) e o avanço mais significativo, na Bahia (10,11%).

No Brasil, o preço mínimo registrado para o etanol foi de R$ 1 499 o litro, no Estado de São Paulo, e o máximo foi de R$ 3 20/litro, no Acre. Na média, o menor preço foi de R$ 1,875 o litro, em São Paulo. O maior preço médio foi verificado no Acre, de R$ 2,944 o litro.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).