Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Montes Claros comemora Dia da Árvore com blitz ecológica

Montes Claros – Montes Claros comemora Dia da Árvore com blitz ecológica

Na manhã desta terça-feira, 23, a Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente de Montes Claros (Semma) comemorou o Dia da Árvore, ocorrido no último domingo (21). A Coordenadoria de Educação Ambiental e Programas Especiais, juntamente com órgãos parceiros, promoveu uma Blitz Ecológica, que aconteceu das 8 às 11h30, na Avenida José Corrêa Machado, altura do número 900, no Bairro Ibituruna. Na oportunidade, foram distribuídos materiais educativos e aproximadamente 400 mudas de árvores, frutíferas e ornamentais.

Montes Claros - Montes Claros comemora Dia da Árvore com blitz ecológica
Montes Claros – Montes Claros comemora Dia da Árvore com blitz ecológica

Além da Semma, participaram desta ação de educação ambiental os seguintes órgãos parceiros: Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude, Assessoria de Comunicação (Ascom/PMMC), Escola Municipal Vidinha Pires, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Militar Ambiental e Bretas Supermercados.

O secretário de Meio Ambiente, Edvaldo Marques de Araújo, destacou a importância de se promover ações de educação ambiental voltadas para as crianças.

HISTÓRICO

Em 21 de setembro é comemorado, no Brasil, o Dia da Árvore. A data foi escolhida por ser próxima ao início da primavera – a estação em que as flores aparecem em maior quantidade.

Essenciais para a vida, as árvores não só embelezam o planeta, mas também ajudam a manter a umidade do ar. Além disso, diminuem a poluição, porque absorvem o gás carbônico, que é liberado durante a queima de combustíveis fósseis. Produzem oxigênio, mudam a direção dos ventos, firmam o solo das encostas e também das margens dos rios.

No Brasil, a árvore mais antiga é um jequitibá de 3.020 anos, localizado em Santa Rita do Passa Quatro, em São Paulo. Sua copa possui 39 metros de diâmetro, onde vivem tucanos e macacos, entre outros animais.

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

• Cada cidadão pode proteger o verde em seu bairro. Por isso, fique de olho: nenhuma árvore, da área pública ou privada, pode ser abatida sem autorização da Prefeitura. Esta autorização só é concedida se a árvore estiver doente ou for um obstáculo à abertura de avenidas e ruas. Os moradores têm o direito de se opor à derrubada, desde que justifiquem os seus motivos;

• As árvores localizadas às margens de rios, córregos, nascentes, represas, topos de morros, montanhas, serras e áreas em declive são de preservação permanente. Não podem ser cortadas! Ajude a preservá-las;

• Aumente seu conhecimento: fale com pessoas que entendam de jardinagem e descubra como cuidar das plantas;

• Divulgue informações sobre a preservação do verde no jornal da escola, nos murais das empresas, em impressos e também no jornal do seu bairro.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).