Inicio » Mais Seções » Entretenimento » TV – “Pânico na Tv” perde quase 50% de sua audiência em cinco anos; entenda

TV – “Pânico na Tv” perde quase 50% de sua audiência em cinco anos; entenda

O “Pânico” completará 11 anos na TV neste domingo (28). Porém, não há muitos motivos para comemorar.

"Pânico" perde quase 50% de sua audiência em cinco anos; entenda
“Pânico” perde quase 50% de sua audiência em cinco anos; entenda

Em baixa, o programa se esforça para recuperar o público perdido. Em seis anos, perdeu quase metade de seus telespectadores.

Segundo informações do jornal Folha de S.Paulo, a atração comandada por Emílio Surita na Band tem até agora média anual de 5,2 pontos. Em seu auge, no ano de 2009 na RedeTV!, o programa chegou a marcar 9,1 pontos. Ou seja, houve uma queda de 42,8% na Grande SP.

Contratado pela Band, o “Pânico” estreou em 2012 e teve uma média anual de 7,6 pontos. Ou seja, daquele ano até aqui perdeu 31% de audiência.

Mesmo em queda, o humorístico ainda é um dos líderes da Band, ao lado do futebol e programas como “Brasil Urgente” e “MasterChef”. Mas não é o bastante. Os donos do formato já planejam reformulações para 2015.

Já a RedeTV! sente falta do “Pânico” até hoje. A emissora já tentou lançar vários programas para substituí-lo, mas nenhum deu certo por enquanto.

A mais recente aposta é uma atração semelhante à da trupe de Emílio Surita, “Encrenca”, que estreou em junho mas não consegue registrar mais que 1 ponto de média aos domingos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).