Inicio » Internacional » Europa » Europa – Ex-núncio pedofilo tinha mais de 100 mil imagens

Europa – Ex-núncio pedofilo tinha mais de 100 mil imagens

Josef Wesolowski foi excomungado pela Igreja no mês de junho
Josef Wesolowski foi excomungado pela Igreja no mês de junho

Mais de 100 mil. Esse foi o número de fotos e vídeos contendo pornografia infantil encontrados pela polícia do Vaticano no computador do ex-núncio na República Dominicana Josef Wesolowski. O religioso foi preso na última terça-feira sob acusação de pedofilia, numa decisão inédita na história da Igreja. Os arquivos contêm imagens e filmes baixados da internet, mas há também fotos “que as próprias vítimas tinham sido forçadas a tirar”, segundo informou o jornal italiano “Corriere Della Sera”.

Nas imagens aparecem crianças e adolescentes com idades entre 13 e 17 anos. Elas são filmadas nuas e forçadas a ter relações sexuais entre si e com adultos, afirma o jornal. Seriam 130 vídeos e mais de 86 mil fotografias. Outras 46 mil imagens teriam sido apagadas.

Segundo o jornal, existe a suspeita de que o ex-núncio estaria ligado a uma rede internacional de pedofilia.

 

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).