Inicio » Política » Eleições 2014 » Eleições 2014 – Em Minas foram 123 detidos por crimes eleitorais

Eleições 2014 – Em Minas foram 123 detidos por crimes eleitorais

Pelo menos 123 prisões foram feitas em Minas Gerais durante as eleições, neste domingo (5).

De acordo com a Polícia Militar (PM), 116 pessoas foram detidas no interior; destas, quatro são menores de idade. Em Belo Horizonte e região metropolitana, sete pessoas foram presas, a maioria por crime de boca de urna.

Eleições 2014 - Em Minas foram 123 detidos por crimes eleitorais
Eleições 2014 – Em Minas foram 123 detidos por crimes eleitorais

No bairro Jardim Leblon, região de Venda Nova, um eleitor foi encaminhado até a Polícia Federal por causar transtornos em sua seção de votação. Em Vespasiano, a candidata a deputada estadual Luciene Maria Fonseca (PPS) foi detida por fazer boca de urna próximo à Escola Estadual Machado de Assis. Em Unaí, no Noroeste de Minas, outro candidato foi preso por realizar o transporte de eleitores.

Em Brumadinho, na Grande BH, uma mesária foi presa, também pelo crime de boca de urna, dentro da zona eleitoral em que atuava. O maior número de prisões foi registrado em Ipatinga, no Vale do Aço. Apenas durante a manhã, 15 pessoas foram detidas distribuindo santinhos de candidatos.

Ainda segundo a PM, somente nesta segunda-feira (6) o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG)  deve passar o detalhamento das prisões.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).