Inicio » Mais Seções » Ciência » Profundidade do mar não contribui para aquecimento global, afirma a Nasa

Profundidade do mar não contribui para aquecimento global, afirma a Nasa

As águas do oceano profundo da Terra não aqueceram de forma perceptível desde 2005, e não contribuíram para elevar o nível do mar, um dos sinais do aquecimento global, segundo um estudo divulgado nesta segunda-feira pela Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa).

Profundidade do mar não contribui para aquecimento global, afirma a Nasa
Profundidade do mar não contribui para aquecimento global, afirma a Nasa

O aumento da temperatura da água se concentra nos 20% de águas da superfície do oceano, explicou à Agência Efe Josh Willis, cientista da Nasa especializado em clima do Laboratório de Propulsão em Pasadena (Califórnia).

“A terra segue esquentando, o nível do mar continua a crescer, e eu não compraria uma casa na praia nos próximos 20 anos”, brincou o cientista.

Willis explicou que o objetivo do estudo era determinar as causas pelas quais o nível do mar continua a aumentar, fato que a Nasa tinha comprovado graças às observações de dois satélites, o “Jason-1” e o “Jason-2”.

Outro satélite, chamado “Grace”, descobriu que o derretimento das geleiras e da camada de gelo que cobre os polos contribuía para aumentar o nível do mar.

Além disso, o nível do mar aumenta porque, quando a água se aquece, se expande, ou seja, aumenta de volume.

“Onde a água estava se aquecendo? Em que parte do oceano? Onde se produzia a expansão?”, contou Willis sobre os questionamentos feitos pelos cientistas.

Então, os pesquisadores puseram mãos à obra e analisaram os dados colhidos entre 2005 e 2013 pelos satélites e por uma rede de três mil sondas flutuantes, chamada “Rede Argo”, que mediu diretamente a temperatura da camada superior do oceano.

Descobriram que enquanto a superfície dos oceanos continua absorvendo o aquecimento da terra, as profundezas dos oceanos não tiveram a temperatura elevada de modo perceptível na última década.

Acima da marca de dois quilômetros de profundidade, o sol e o ar aquecem a água, detalhou Willis, que explicou que, abaixo desse nível, a temperatura não muda.

“O processo para que a água vá da montante a jusante leva milhares de anos e, por isso, a água dos oceanos profundos não se aquece”, esclareceu.

Para chegar a estas conclusões, os cientistas do Laboratório de Propulsão fizeram uma conta simples.

Da quantidade total do aumento do nível do mar, os pesquisadores subtraíram a quantidade de água que tinha aumentado na parte superior do oceano, e a quantidade que correspondia à água do degelo.

O resto representa a quantidade do aumento do nível do mar causado pelo aquecimento no oceano profundo e esse número é zero, segundo a Nasa.

Com isso, o estudo garante que o aquecimento das águas profundas não contribuiu em nada para o aumento do nível do mar entre os anos medidos, 2005 a 2013.

No entanto, Willis alertou que 20% das águas da superfície aqueceram, o que evidencia que a Terra continua a aumentar sua temperatura média.

A pesquisa revelou que, nestes últimos 35 anos, o oceano absorveu entre 24% e 58% a mais de calor do que havia sido estimado em princípio.

Agência EFE

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).