Inicio » Minas Gerais » MG – Sem verba, projeto contra o câncer de mama fica parado

MG – Sem verba, projeto contra o câncer de mama fica parado

A Associação de Prevenção do Câncer de Mama na Mulher (Asprecam) cobra a liberação de R$ 1,2 milhão do governo do Estado para a instalação de projeto educativo de prevenção ao câncer de mama. Segundo a entidade, a verba foi aprovada no ano passado, mas o governo alega não ter como liberá-lo em 2014. Sem o investimento, o projeto fica parado e deixa de beneficiar, anualmente, cerca de 20 mil mulheres.

PREVENÇÃO - A cantora mineira Paula Fernandes abraçou a causa e tornou-se embaixadora do movimento
PREVENÇÃO – A cantora mineira Paula Fernandes abraçou a causa e tornou-se embaixadora do movimento

Se implantado, o Núcleo de Promoção da Saúde da Mulher utilizará a estrutura das Universidades Abertas Integradas de Minas Gerais (Uaitecs) para oferecer cursos para profissionais de saúde, comunidade e voluntários. A sede será em Belo Horizonte e haverá unidades em Sete Lagoas e Sabará. Os cursos sobre prevenção contra o câncer de mama também serão oferecidos via internet, beneficiando municípios de todo o país.

“Queremos que o Estado dê sua contribuição, mas que o projeto seja sustentável”, disse o fundador e diretor da associação, o médico Thadeu Provenza. Para garantir a sustentabilidade da iniciativa, a associação lançou nesta quarta-feira (8) o movimento “Mamamiga pela Vida”, contando com a presença da cantora e embaixadora do movimento, Paula Fernandes. Segundo Provenza, a adesão da artista poderá chamar a atenção das iniciativas pública e privada para a causa.

Conforme Thadeu, o projeto foi aprovado em dezembro do ano passado. A reportagem do Hoje em Dia entrou em contato com o governo do Estado para saber por que a verba não foi liberada, mas não recebeu retorno.

Pontos de Prevenção

Outro projeto de prevenção ao câncer já está garantido durante um ano, graças ao apoio de empresas. A iniciativa também faz parte do movimento Mamamiga. Os Pontos de Prevenção vão contar com um simulador de demonstração do autoexame, que levou o mesmo nome do movimento. Já foram instalados 30 pontos em Belo Horizonte, Betim, Contagem, Vespasiano e Brumadinho, em locais como shoppings, clínicas médicas e farmácias. A expectativa é a de que 200 pontos sejam criados até o 1º trimestre de 2015.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).