Inicio » Mais Seções » Street View – Google usa camelo para mapear deserto

Street View – Google usa camelo para mapear deserto

Como mapear um deserto? Por lá, os famosos carros do Google Street View não andam. Por isso, a empresa usou um novo meio de transporte: um camelo. Isso mesmo.

Com a ajuda do animal, foram capturadas imagens de fazendas e tendas de beduínos.Com a ajuda do animal, foram capturadas imagens de fazendas e tendas de beduínos.
Com a ajuda do animal, foram capturadas imagens de fazendas e tendas de beduínos.

O deserto de Liwa, nos Emirados Árabes Unidos, abriga cerca de 50 vilas, e tem uma população estimada em um pouco mais de 20 mil pessoas. No local, há uma estrada até a capital, Abu Dhabi, mas não há infraestrutura para passagem de veículos. Por isso, os camelos se tornaram o transporte ideal para o trekker do Google Street View.

Com a ajuda do animal, foram capturadas imagens de fazendas, tendas de beduínos, palmeiras e dunas que medem entre 25 e 40m de altura. Essa não é a primeira vez que o Google visita o deserto: em setembro, a empresa mapeou as pirâmides do Egito.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).