Inicio » Internacional » Ásia » Ásia- Deslizamento de terra na China mata 19 trabalhadores em dormitórios

Ásia- Deslizamento de terra na China mata 19 trabalhadores em dormitórios

Um deslizamento de terra no norte da China soterrou uma construção que servia de dormitório para trabalhadores, matando 19 pessoas e ferindo outras duas, informaram autoridades neste sábado (11). O desabamento destruiu oito alojamentos temporários para operários que trabalhavam na construção de uma rodovia próxima do condado de Ganquan, que faz parte da cidade de Yan’an, na província de Shaanxi.

Um deslizamento de terra no norte da China soterrou uma construção que servia de dormitório para trabalhadores, matando 19 pessoas e ferindo outras duas, informaram autoridades neste sábado (11). O desabamento destruiu oito alojamentos temporários para operários que trabalhavam na construção de uma rodovia próxima do condado de Ganquan, que faz parte da cidade de Yan'an, na província de Shaanxi. VEJA TAMBÉM   video Deslizamento de terra deixa 83 soterrados no Tibete video Avalanche deixa mais de 300 mortos e 2.000 desaparecidos Mais  Nove pessoas morreram no local do incidente e outras dez faleceram após tentativas fracassadas para salvá-las, afirmou a agência de notícias Xinhua.  Deslizamentos são comuns nas regiões montanhosas da China, onde a construção de estradas e o desmatamento destruíram toda a vegetação. O risco de desmoronamento aumenta sem as raízes de árvores que mantêm o solo no lugar. Yan'an faz parte do planalto Loess, conhecido por sua terra solta, arenosa e depositada pelo vento.   Associated Press/Agência Estado
Um deslizamento de terra no norte da China soterrou uma construção que servia de dormitório para trabalhadores, matando 19 pessoas e ferindo outras duas, informaram autoridades neste sábado (11). O desabamento destruiu oito alojamentos temporários para operários que trabalhavam na construção de uma rodovia próxima do condado de Ganquan, que faz parte da cidade de Yan’an, na província de Shaanxi.
VEJA TAMBÉM
video Deslizamento de terra deixa 83 soterrados no Tibete video Avalanche deixa mais de 300 mortos e 2.000 desaparecidos Mais
Nove pessoas morreram no local do incidente e outras dez faleceram após tentativas fracassadas para salvá-las, afirmou a agência de notícias Xinhua.
Deslizamentos são comuns nas regiões montanhosas da China, onde a construção de estradas e o desmatamento destruíram toda a vegetação. O risco de desmoronamento aumenta sem as raízes de árvores que mantêm o solo no lugar. Yan’an faz parte do planalto Loess, conhecido por sua terra solta, arenosa e depositada pelo vento.
Associated Press/Agência Estado

Nove pessoas morreram no local do incidente e outras dez faleceram após tentativas fracassadas para salvá-las, afirmou a agência de notícias Xinhua.

Deslizamentos são comuns nas regiões montanhosas da China, onde a construção de estradas e o desmatamento destruíram toda a vegetação. O risco de desmoronamento aumenta sem as raízes de árvores que mantêm o solo no lugar. Yan’an faz parte do planalto Loess, conhecido por sua terra solta, arenosa e depositada pelo vento.

Co agências AP – AE
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).