Inicio » Mais Seções » Famosos » Cantora Kesha acusa produtor de abuso sexual e agressão

Cantora Kesha acusa produtor de abuso sexual e agressão

A cantora pop norte-americana Kesha entrou com um processo contra seu produtor e mentor, alegando ter sido abusada sexual e emocionalmente por quase uma década. Segundo o acusado, as queixas são uma tentativa de extorsão.

Processo iniciado nesta terça-feira (14), em Los Angeles, acusa o produtor, conhecido por Dr. Luke, de ter drogado e estuprado Kesha
Processo iniciado nesta terça-feira (14), em Los Angeles, acusa o produtor, conhecido por Dr. Luke, de ter drogado e estuprado Kesha

O processo iniciado nesta terça-feira (14), em Los Angeles, acusa o produtor, conhecido por Dr. Luke, de ter drogado e estuprado Kesha, causando danos emocionais que a levaram à ser internada em clínica de reabilitação no início deste ano.

Dr. Luke também entrou com processo em Nova York, alegando que as acusações são difamatórias e não passam de uma tentativa de extorsão para culminar no término de contrato.

O acordo existe entre as partes desde que Kesha tinha 18 anos. A empresa de Dr. Luke produziu os dois primeiros discos da cantora inclusive a faixa de sucesso Tik Tok.

Segundo com o processo de Kesha, o produtor, cujo nome verdadeiro é Lukasz Sebastian Gottwald, controla carreira dela. Por isso, o documento pede a invalidação do contrato entre artista e produtor.

Nessa segunda (13), a cantora fez o seguinte post em seu perfil oficial no twitter:

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).