Inicio » Mais Seções » Entretenimento » Carolina Dieckmann muda visual para novo quadro do Fantástico

Carolina Dieckmann muda visual para novo quadro do Fantástico

A atriz Carolina Dieckmann acaba de gravar sua participação em um novo quadro do “Fantástico“, da Rede Globo. O trabalho exigiu que ela ficasse morena. “Eu Que Amo Tanto” é uma série de quatro episódios, escrita por Euclydes Marinho, baseada no livro homônimo da jornalista e apresentadora Marília Gabriela. A direção de núcleo é assinada por Amora Mautner e a data de estreia não foi definida, segundo a assessoria de imprensa da emissora, mas será neste ano.

Carolina Dieckmann muda visual para novo quadro do Fantástico
Carolina Dieckmann muda visual para novo quadro do Fantástico

A atriz, no entanto, revela que toda equipe do quadro trabalha com a informação de que a série entra no ar no dia 2 de novembro. Carolina faz somente um episódio de oito minutos e, mesmo preferindo seus cabelos loiros, topou escurecer as madeixas para compor a personagem. “Eu adoro mudar de cabelo. Fico me sentindo uma nova pessoa e não me importo nem um pouco.

Nem acho que estou mais tão morena, porque meu cabelo desbota muito fácil”, diz a atriz, que revela que gosta de ser loira porque o tom platinado tem mais a ver com ela. “Amo sol, luz, acho que fico mais iluminada, mas nós não temos apenas essa preocupação na vida, temos outras”, filosofa Carolina.

O livro de Marília Gabriela é um registro de histórias reais de mulheres que buscaram ajuda no Mada (Mulheres que Amam Demais Anônimas), que é um grupo de recuperação destinado a mulheres que querem se curar da dependência de relacionamentos destrutivos. As quatro histórias que o público verá no “Fantástico” foram tiradas da obra de Marília Gabriela, que conta com vários depoimentos.

Carolina passou dois meses se preparando para mergulhar no drama de sua personagem, que na infância sofreu abuso sexual. As cenas dela pequena serão interpretadas pela atriz Mel Maia. A garota até usa lentes de contato verdes para ficar com os olhos como os de Carolina. “Ela não é estuprada, é abusada com carícias. A personagem fica traumatizada e não consegue se relacionar na vida adulta”, comenta Carolina.

A atriz afirma que a história que ajudará a contar com sua atuação deve mostrar como foi que essa mulher se tornou do jeito que é, sem entender o que é o amor e, mesmo assim, desejando muito ser amada. Carolina teve muitas reuniões com Amora Mautner, que esteve no Mada.

“Eu não fui porque você não pode simplesmente ir para ficar ouvindo os depoimentos. Só pode entrar lá se você for uma mulher em busca de tratamento. A coisa é séria, estamos falando de uma patologia”, conta a atriz, que ressalta que o trabalho de Marília Gabriela é a principal fonte da série.

Carolina também diz que não buscou inspiração em amigas ou pessoas do seu convívio justamente porque a série retrata mulheres doentes, impotentes diante de relacionamentos destrutivos. Agora, que já terminou de gravar sua participação em “Eu Que Amo Tanto”, ela vai cuidar da sua casa nova no Rio de Janeiro e da família.Ela acaba de mudar para um imóvel maior e mais distante da praia, mas não revela em que bairro está vivendo.

Carolina também vai se preparar para rodar um filme até o final do ano. “Televisão só no próximo ano, mas ainda tem um tempinho para definir o que será”, avisa.

Agência Estado
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Polícia Militar realiza Lançamento da Operação Natalina em Montes Claros

Montes Claros – Polícia Militar realiza Lançamento da Operação Natalina em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Polícia Militar realiza …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).