Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil 2014 – Atlético-MG alcança virada histórica e elimina Corinthians

Copa do Brasil 2014 – Atlético-MG alcança virada histórica e elimina Corinthians

A Libertadores de 2013 ainda está fresca na memória do torcedor do Atlético-MG. Na noite desta quarta-feira, o torcedor mineiro pode reviver um pouco da maior conquista da história. Em um Mineirão longe de estar lotado, mas com bom público, o clube de Belo Horizonte saiu atrás no placar do Corinthians logo aos 5min, o que obrigou os donos da casa a terem que fazer quatro gols. Impossível? Não: de forma épica, o Atlético-MG aproveitou um acuado clube paulista para fazer 4 a 1 em virada histórica e avançar para a semifinal da Copa do Brasil.

Atlético-MG alcança virada histórica e elimina Corinthians
Atlético-MG alcança virada histórica e elimina Corinthians

Eletrizante. Sem tempo nem para respirar. Assim pode ser descrito o primeiro tempo dos dois times alvinegros nesta quarta-feira. Com postura ofensiva mesmo com a vantagem, o Corinthians logo abriu o placar em pleno Mineirão: aos 5min, Fagner deu chutão para frente, Guerrero ganhou no corpo de Jemerson e saiu na cara de Victor para finalizar com perfeição e abrir o placar. Com o gol, o Atlético-MG teria que fazer quatro para se classificar? Confronto decidido? Nem um pouco: a emoção só começava.

Do gol corintiano até o intervalo, só deu Atlético-MG. Com exceção de dois bons chutes de Guerrero – o peruano era quem mais se destacava entre os paulistas – aos 19min e aos 37min e boa jogada de Malcom aos 26min, a primeira etapa foi inteira do Atlético-MG. O time mineiro acuou os visitantes na defesa, que, envolvido, viu os adversários tentarem de todas as formas: Luan, Diego Tardelli, Marcos Rocha, Dátolo, Guilherme.. Todos assustaram Cássio de alguma forma.

A postura atleticana deu resultado e a virada, que parecia improvável, começou a ganhar ares de possível. Aos 23min, Guilherme, o melhor em campo até então pelo Atlético-MG, deu lançamento milimétrico para Luan desviar de leve de cabeça e empatar. Mais pressão, e aos 31min o mesmo Guilherme arriscou de fora da área, a bola desviou em Felipe e enganou Cássio. O terceiro ainda quase veio aos 42min, em desvio de Tardelli de cabeça na pequena área que parou nas mãos de Cássio. Ufa: finalmente as torcidas puderam respirar no intervalo.

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Eduardo Arauju e Kely Ramos Foto: Guto Campos

Moda – A simpatia de Montes Claros que conquistou o Brasil

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Moda – A …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).