Inicio » Política » Eleições 2014 » Eleições 2014 – Segundo turno presidencial teve 22 propagandas suspensas pelo TSE

Eleições 2014 – Segundo turno presidencial teve 22 propagandas suspensas pelo TSE


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de outubro de 2014
Last modified:16 de dezembro de 2014

Summary:

Eleições 2014 - Segundo turno presidencial teve 22 propagandas suspensas pelo TSE

Desde o dia 15 de novembro, as coligações que disputam a eleição presidencial tiveram 14 propagandas suspensas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), entre as inserções eleitorais diárias em TV e rádio.

Eleições 2014 - Segundo turno presidencial teve 22 propagandas suspensas pelo TSE
Eleições 2014 – Segundo turno presidencial teve 22 propagandas suspensas pelo TSE

A intervenção do TSE se intensificou após a decisão de estimular uma campanha mais propositiva entre os candidatos e adotou a proibição de depoimentos centrados em acusações contra o adversário.

Com o aumento da agressividade entre Aécio e Dilma na última semana, o tribunal passou a atuar mais e as liminares suspendendo a divulgação de conteúdo se tornaram mais constantes.

Apesar das decisões, durante o segundo turno, pelo menos nove pedidos ainda não foram analisados pelo TSE. Até o momento, a coligação petista teve 16 dos 20 pedidos de suspensão acatados. Já o PSDB teve nove ações avaliadas, em seis casos as propagandas foram suspensas.

No último debate entre os candidatos, realizado nesse domingo pela TV Record, a troca de acusações diminuiu. Resta saber se as propagandas eleitorais vão seguir o mesmo caminho.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).