Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Projeto que prevê meia-entrada para doadores de sangue tramita na Câmara

Montes Claros – Projeto que prevê meia-entrada para doadores de sangue tramita na Câmara

Um novo projeto de lei que tramita na Câmara Municipal busca incentivar a doação de sangue em Montes Claros. O PL 74/2014, do vereador Diu Andrade (PSL),oferece desconto corresponde a 50% do valor do ingresso cobrado, sem restrição de data, horário e local para doadores de sangue.

Vereador Diu Andrade
Vereador Diu Andrade

Projeto que tramita nas comissões da Câmara, prevê a meia-entrada para doadores regulares de sangue em eventos esportivos e culturais. O projeto tem o objetivo de incentivar a manutenção do estoque de sangue do Hemocentro de Montes Claros.

Já existente em vários lugares do país, como Mato Grosso, Paraná e Espírito Santo, o projeto assegura a meia-entrada para aqueles doadores que permanecerem regulares, ou seja, que façam a doação pelo menos três vezes ao ano.

Pelo projeto, os doadores de sangue seriam beneficiários da meia-entrada durante três meses após a doação, no caso de homens, e quatro meses para mulheres. Os prazos são referentes ao espaço mínimo para doação, de acordo com os critérios internacionais de saúde.

Segundo o vereador, o objetivo da proposta é reconhecer e premiar os doadores. “Essa proposta vai incentivar a doação periódica de sangue.  Aumentando o número desses doadores, iremos fazer com que a unidade possa ter mais eficiência, e até mesmo busque uma ampliação”, afirmou o parlamentar.

O controle será feito por meio de uma carteirinha, onde serão registrados os dados do doador e a frequência de doação. O vereador ainda pretende realizar uma audiência para mostrar aos empresários da cidade a importância de abraçarem o projeto.

– Devemos passar a importância de um projeto como esse, para que a maior parte de empresários esportivos e culturais esteja do nosso lado. Quem já dependeu da doação de sangue algum dia sabe o quanto este gesto pode salvar uma vida – completa Diu.

Benefícios
O doador regular de sangue tem direito a mais benefícios. Quem doa pode usufruir de um dia de folga no trabalho, por ano. Também usufruem a prioridade no atendimento, a exemplo de filas de banco, assim como idosos, deficientes e gestantes – esta prevista na Lei n° 219/09.
Entenda o ato de doar

A doação de sangue é segura e não oferece risco a quem se disponibiliza a ser um voluntário. Todo o material utilizado para na coleta do sangue é descartável eliminando qualquer possibilidade de contaminação. O voluntário se submete a exames médicos específicos para atestar a aptidão a doar. A retirada de sangue dura cerca de 10 minutos e de cada pessoa pode ser coletado no máximo 450ml de sangue – uma pessoa adulta tem em média cinco litros de sangue.

O sangue doado é mantido no estoque das instituições para ser enviado aos hospitais e atender pacientes internados. Cada bolsa de sangue pode beneficiar de duas a quatro pessoas. O ato de doar não altera, não afina, nem modifica o sangue. Mulheres podem doar a cada três meses e no máximo três vezes ao ano; homens, a cada dois meses e até quatro vezes anualmente.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).