Inicio » Internacional » América » EUA – Obama se encontra com enfermeira curada do ebola

EUA – Obama se encontra com enfermeira curada do ebola

O presidente Barack Obama se reúne nesta sexta-feira (24) com Nina Pham, uma das duas enfermeiras americanas curadas do Ebola, segundo a Casa Branca.

Obama deu um abraço na enfermeira Nina Phan, uma das infectadas pela doença.
Obama deu um abraço na enfermeira Nina Phan, uma das infectadas pela doença.

O encontro foi marcado no Salão Oval às 13h30 do horário local – 15h30 pelo horário de Brasília – depois que o Instituto Nacional de Saúde americano participou de uma entrevista coletiva com Pham anunciando sua alta do hospital.

A enfermeira contraiu a doença depois de tratar um liberiano infectado que não resistiu, no estado do Texas.

Obama tem sido uma voz ativa para que os americanos não se entreguem ao medo ou histeria em torno do Ebola, salientando que o vírus não se espalha facilmente e que os Estados Unidos estão bem equipados para lidar com eventuais novos casos.

No início deste mês, o presidente indicou ter dado “apertos de mãos, abraços e beijos” nas enfermeiras que trataram um paciente com Ebola.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).