Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Infraestrutura ferroviária do Norte de Minas em pauta‏

Norte de Minas – Infraestrutura ferroviária do Norte de Minas em pauta‏

Nesta terça-feira, 28 de outubro, a Agência de Desenvolvimento da Região Norte de Minas – ADENOR – reunirá representantes de entidades de classe e órgãos de fomento para apresentar um estudo sobre a viabilidade da Infraestrutura Ferroviária para a Região do Grande Norte de Minas. O objetivo é mobilizar e integrar as lideranças das instituições públicas, privadas e sociais em favor do desenvolvimento sustentável da região.

O Seminário traz os temas “A Nova FCA e a Ferrovia Grande Minas" e “Trens regionais de Passageiros"
O Seminário traz os temas “A Nova FCA e a Ferrovia Grande Minas” e “Trens regionais de Passageiros”

O presidente da ADENOR, Pávilo Miranda, destaca que há algum tempo as entidades ACI, Sociedade Rural, Fundetec, CDL, Sicoob Credinor, Sindicato Rural, Sicoob Credinosso, Fiemg, Intertv e Codemc têm se reunido regularmente para tratar de temas relacionados ao desenvolvimento regional.  Dentre os projetos de interesse regional debatidos, está a questão da Ferrovia que a maioria das pessoas/entidades ouve falar, mas que não têm muita fundamentação, inclusive, para defender como mais uma “bandeira” para o desenvolvimento do Norte de Minas.

Há algum tempo o Pávilo foi convidado para participar de um Workshop no Governo de Minas que apresentou um estudo sobre a Viabilidade da Ferrovia na região e o Governo de Minas contratou uma consultoria para realização do referido estudo. O evento mostrará um panorama das ações do Governo Federal nesta mesma linha.

Para Dario Colares, Diretor de Desenvolvimento Regional da ADENOR, o Seminário Técnico da Ferrovia vem esclarecer sobre o tema e fazer com que todas as lideranças tenham um pensamento único na defesa do crescimento regional
Para Dario Colares, Diretor de Desenvolvimento Regional da ADENOR, o Seminário Técnico da Ferrovia vem esclarecer sobre o tema e fazer com que todas as lideranças tenham um pensamento único na defesa do crescimento regional

“O desenvolvimento está ligado à infraestrutura e no que se refere à ferrovia queremos ampliar o meio de escoação da produção, atrair de empresas e diminuir de custos de transporte em geral”, explica Pávilo Miranda. Para Dario Colares, Diretor de Desenvolvimento Regional da ADENOR, o Seminário Técnico da Ferrovia vem esclarecer sobre o tema e fazer com que todas as lideranças tenham um pensamento único na defesa do crescimento regional. É importante destacar que uma ferrovia não beneficia apenas uma cidade, mas toda a região, assim vamos contribuir para a descentralização do desenvolvimento.

 No Seminário, o Painel I “A Nova FCA e a Ferrovia Grande Minas – Perspectivas para o desenvolvimento do Norte de Minas”, terá palestra de Luiz Antônio Athayde, subsecretário de Investimentos Estratégicos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais. O Painel II “Trens regionais de Passageiros – Uma necessidade que se impõe”, terá o palestrante José Queiroz de oliveira, Assessor da diretoria da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, coordenador do grupo de Trabalho Trens de Passageiros. O evento terá início às 19h, no auditório do Sicoob Credinor, na Rua Pires e Albuquerque, 522 – Centro.

Mais informações e confirmação de presença pelo e-mail [email protected] ou (38) 2101 3319/8401 1569.

Agência Mosaico

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).