Inicio » Política » Eleições 2014 » Eleições 2014 – Aécio visita túmulo do avô em São João Del Rei

Eleições 2014 – Aécio visita túmulo do avô em São João Del Rei

O presidenciável do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou neste sábado (25) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sai menor do que entrou na campanha eleitoral. Aécio esteve em São João Del Rei, Campo das Vertentes, para visitar o túmulo do avô Tancredo e classificou de desespero os ataques de Lula. Em ato de campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), na capital mineira, o ex-presidente chamou o tucano de “playboy” e “filhinho de papai”.

Eleições 2014 - Aécio visita túmulo do avô em São João Del Rei
Eleições 2014 – Aécio visita túmulo do avô em São João Del Rei

“Eu, como sou um homem generoso, vou buscar ter sempre na minha memória os rasgados elogios que ele fez a mim, ao longo de todo nosso convívio”, afirmou. “Eu apenas lamento. Eu acho que eles perceberam que, ao longo de 12 anos, haveria e há uma possibilidade real de derrota. Tudo tem limites. E alguns membros da campanha adversária ultrapassaram todos os limites”, continuou o senador.

Aécio chegou ao centro histórico da cidade por volta de 13h e acenou para cerca de 300 apoiadores que estavam nas ruas, da sacada do Solar dos Neves, residência de sua família. Acompanhado de sua esposa, Letícia, e dos filhos gêmeos, Bernardo e Júlia, o tucano posou para fotos com crianças e disse estar confiante em vitória neste domingo (26). Afirmou ainda não ter se abalado por pesquisas. “O que eu chego é vivo. Tenho uma pesquisa muito própria que é o que estou vendo pelo Brasil.”

Ele aproveitou para agradecer o carinho com que foi recebido em todas as partes do Brasil ao longo da campanha. Ressaltou ter ficado satisfeito com seu desempenho durante debates e que “o resultado da eleição dependerá de cada brasileiro”. “Eu me sinto vitorioso pela caminhada correta que fiz, defendendo valores e apresentando aos brasileiros a possibilidade de um novo Brasil, mais generoso, ético”.

O pior momento da campanha foi a morte de Eduardo Campos, avaliou o presidenciável sobre balanço. Sobre o melhor, Aécio revelou ter tido inúmeros momentos “inesquecíveis”, como receptividade em Salvador, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Para agradecer os apoios políticos, Aécio se concentrou na figura da “amiga Marina Silva” e da viúva de Eduardo Campos, Renata.

Ataque à sede da Editora Abril, em São Paulo, foi outro ponto comentado por Aécio em entrevista a jornalistas. A editora é responsável pela revista Veja, que nesta reta final da campanha publicou reportagem apontando que Dilma e Lula sabiam do esquema de corrupção na Petrobras.

“Assistimos a um atentado contra democracia, contra liberdade de expressão. Manifestantes não atingem aquele veículo, atingem o que temos de mais valioso, que é a liberdade de imprensa. O que essa revista e outros veículos fazem é comunicar, são vasos transmissores das informações. Ao tentar proibir veiculação desta revista, é demonstração clara do Partido dos Trabalhadores de seu descompromisso com democracia e liberdade de expressão. É atentado e boa forma de manifestar o repúdio é ir às urnas amanhã. “

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).