Inicio » Nacional » Brasil – Anvisa suspende publicidade irregular de loção hidratante corporal

Brasil – Anvisa suspende publicidade irregular de loção hidratante corporal

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta segunda-feira (27) no Diário Oficial da União suspende, em todo o território nacional, todas as publicidades do produto loção hidratante corporal Glukderm Plus que possuírem indicação de uso para o tratamento da psoríase.

Segundo a Anvisa, estão sendo atribuídas à loção hidratante alegações terapêuticas para o tratamento da psoríase, em desacordo com o registro concedido pela agência
Segundo a Anvisa, estão sendo atribuídas à loção hidratante alegações terapêuticas para o tratamento da psoríase, em desacordo com o registro concedido pela agência

De acordo com o texto, foi comprovada a divulgação irregular do produto por meio do endereço eletrônico www.glukdermsp.com.br. Segundo a Anvisa, estão sendo atribuídas à loção hidratante alegações terapêuticas para o tratamento da psoríase, em desacordo com o registro concedido pela agência.

O responsável pelo produto, Marcos Guedes, informou à “Agência Brasil” que a eficiência do hidratante no tratamento da psoríase foi comprovada por testes. “Não existe propaganda mentirosa. Testes clínicos comprovam melhora no tratamento”, disse.

A resolução entra em vigor nesta segunda-feira.

Agência Brasil

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).