Inicio » Política » Página do Exército recebe pedidos de intervenção militar no Brasil

Página do Exército recebe pedidos de intervenção militar no Brasil

Alguns brasileiros que não aprovaram a vitória de Dilma Rousseff (PT) nas últimas eleições não se contentaram em reclamar e colocar fotos com a palavra “luto” em seus perfis das redes sociais. Parte desses eleitores que se dizem “indignados” com a reeleição da presidente tem defendido até mesmo que o período em que os militares estiveram no poder foi melhor para o País que o período de governo do PT.

No Facebook, por exemplo, a página do Exércio Brasileiro está recebendo, desde segunda-feira, pedidos públicos de “socorro” de internautas que defendem a imediata intervenção militar. Além de postar comentários com as letras “SOS” (sinal usado em situações de emergência), eles exigem que a instituição se manifeste e “nos livre do PT antes que instaurem o comunismo”.

Página do Exército recebe pedidos de intervenção militar no Brasil
Página do Exército recebe pedidos de intervenção militar no Brasil

“Cadê vocês? Estão a favor do povo ou contra? Até quando vamos ter que conviver com a corrupção? Porque não fazem nada? Vocês são cúmplices? Não vão manifestar contra a corrupção? Por quê? Por quê?”, questionou Bruno Sena. “E o dia de derrubar o PT quando vai ser? Estamos sendo divididos e os senhores nem sequer um pio dão, quanto mais um pronunciamento à nação. Acordem”, completou Tiago Ribeiro Soares. “Nos livre do PT antes que eles instaurem o comunismo”, pediu Charles Muzykant Pareira. “Socorrooo salvem o País, todo sabemos que essa eleição foi uma fraude”, afirmou Lorraine Duque, usando a hashtag #IntervençãoMilitarJá.

Alguns usuários das redes se manifestam também através de memes

meme2golpemilitarrep (jornalmontesclaros) memegolpemilitarrep (jornalmontesclaros)

Nas décadas de 1960 e 1970, Dilma Rousseff fez parte de grupos militantes que lutaram contra a ditadura militar. Ela, inclusive, chegou a ser presa e torturada por agentes do governo. Em 2011, no início de seu primeiro mandato, a presidente sancionou a lei que instituiu a Comissão Nacional da Verdade, que tem como objetivo investigar crimes e violações de direitos humanos ocorridas por agentes do Estado brasileiro entre 1946 e 1988.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. Lugar de militar é onde sempre foi, no quartel de prontidão para quando a pátria fizer a conclamação em defesa da soberania, da sociedade e dos intereses nacionais estar a postos, militar que acha diferente tem que dar baixa e concorrer ao parlamento, no último século o único tiro dado pelos militares brasileiros foi contra o próprio pé quando apunhalou a sociedade tomando o poder que não lhe pertence, de forma inescrupulosa, vergonhosa e criminosa e passou a fazer o papel de jagunço a serviço da casa grande, perseguindo, torturando e assassinando a liberdade e todos que lutaram por ela. punição para cada e qualquer militar da ativa ou da reserva que emita opinião pública contrariando constituição no que se refere ao papel das forças armadas e dos poderes constituidos, qualquer insuflação a quebra da ordem estabelecida e da hierarquia deve ser punido de forma exemplar!
    Viva a liberdade de expressão, manifestação, a impensa livre, e a democracia.
    Repúdio total a direita facista, entreguista, antinacional, (caracteristica brasileira) reacionária e chauvinista.
    – o novo lupemsinato amorfo que delira com sandices (golpe) como “proposta” deve se envergonhar e calar-se já.