Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Com a volta das chuvas, cuidados para prevenir a dengue devem ser redobrados

Montes Claros – Com a volta das chuvas, cuidados para prevenir a dengue devem ser redobrados

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros  iniciou o terceiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de 2014. O levantamento tem o objetivo de atualizar o índice de proliferação do mosquito na cidade para estabelecer prioridades no combate à dengue.

Montes Claros - Com a volta das chuvas, cuidados para prevenir a dengue devem ser redobrados
Montes Claros – Com a volta das chuvas, cuidados para prevenir a dengue devem ser redobrados

O levantamento foi iniciado nesta segunda-feira, 27, e deverá ser feito até a próxima quinta. A data para o terceiro levantamento do ano foi definida pela Secretaria de Estado de Saúde, que visa realizar uma ação conjunta em Minas a partir dos dados obtidos.

O LIRAa é uma pesquisa feita por amostragem, onde a cidade é divida em 20 extratos (cada um contendo entre 9 e 12 mil imóveis). Para o levantamento, há um sorteio de quarteirões e casas que participam da amostra. Após o sorteio, os agentes saem a campo para a coleta das larvas.

O levantamento é feito por 180 profissionais, que atuam divididos em 20 equipes, por toda a cidade. A expectativa é que o resultado seja divulgado até a próxima terça-feira, 4 de novembro.

Histórico de 2014 – De acordo com recomendação do Ministério da Saúde, três LIRA’s devem ser feitos por ano em cada município. Em janeiro deste ano, o resultado do primeiro levantamento na cidade apontou um índice de infestação de 4,3, considerado de alto risco. Porém, o segundo levantamento, feito em março, apontou uma redução e o índice caiu para 3,9, o que é considerado de médio risco.

Com a chegada das chuvas, o coordenador do CCZ, Edvaldo Freitas, pede o apoio da população no combate ao mosquito. De acordo com ele, este é o momento para cada morador fazer a sua parte, evitando o acúmulo de água. “Temos que lembrar que o Aedes aegypti também é transmissor da nova febre, a chicungunya. Por isso, temos que redobrar os cuidados”, afirma Edvaldo, que ainda dá algumas dicas de combate ao mosquito.

“Temos que estar atentos a toda forma de água parada. É importante desobstruir calhas e canos de laje. Outro aspecto importante é redobrar o cuidado no descarte de resíduos sólidos. O lixo jogado de forma irregular ajuda o mosquito a se proliferar. Contra o Aedes aegypti, o trabalho deve ser coletivo”, explica.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).