Inicio » Norte de Minas » Norrte de Minas – PNAE ajuda produtores do Jaíba na comercialização de produtos em Belo Horizonte

Norrte de Minas – PNAE ajuda produtores do Jaíba na comercialização de produtos em Belo Horizonte

O Programa Nacional de Alimentação Escolar, PNAE, tem ajudado produtores do município de Jaíba, no Norte de Minas, na coquista de novos mercados. Por meio do programa, eles fornecem alimentos para escolas de Belo Horizonte. Isso tem ajudado a melhorar a renda do grupo. Os produtores são orientados pela Emater-MG, que também elabora os projetos para que eles participem do PNAE.

Norrte de Minas - PNAE ajuda produtores do Jaíba na comercialização de produtos em Belo Horizonte
Norrte de Minas – PNAE ajuda produtores do Jaíba na comercialização de produtos em Belo Horizonte

O PNAE foi implantado no município do *Jaíba em 2011. No ano seguinte, produtores beneficiados pelo programa começaram a fornecer produtos para escolas de Belo Horizonte. “Por termos uma grande produção, os agricultores se viam reféns de atravessadores, que pagam um preço muito aquém do mercado. Com o PNAE, o produtor recebe um preço justo que, mesmo pagando todas as despesas de logística até Belo horizonte, é bem melhor do que o praticado na região”, diz a extensionista da Emater-MG, Amanda Cristina da Silva.

A técnica explica que o potencial de produção dos produtores é superior à demanda das escolas do Jaíba e, com isso, foi possível buscar novos mercados. “Como Belo Horizonte tem uma grande demanda, vimos aí um potencial de mercado”, diz.

No total, 42 produtores do Jaíba comercializam seus produtos em Belo Horizonte. Todos são membros da Cooperativa dos Pequenos Produtores do Projeto Jaíba (Coperjaíba). Para vender seus produtos por meio do PNAE, a Coperjaíba participa de chamada pública. Os projetos são elaborados pela Emater-MG, que também orienta os produtores na produção.

Em Belo Horizonte, 120 escolas estaduais compram produtos da Coperjaíba. São frutas (laranja, banana, goiaba), legumes ( abóbora, cenoura, batata) e doce de banana e rapadura. Em média, cada produtor pode arrecadar cerca de R$ 20 mil por ano. Para 2015 a meta é aumentar o número de produtores que fornecem alimentos para as escolas de Belo Horizonte.

“Estou muito feliz, pois, com este mercado em Belo Horizonte, vários produtores conseguiram melhorar de vida com aquisição de um meio de transporte, melhorias na moradia, aquisição de móveis, pagamento de dívidas no banco e melhorias na infraestrutura do lote”, afirma a presidente da Coperjaíba, Cidélia da Anunciação Gomes.

Nova conquista

Outubro começou com novidades para a Coperjaíba. A partir deste mês, a cooperativa passará a fornecer frutas para escolas municipais de Montes Claros, Norte de Minas. A venda dos produtos será feita por meio do PNAE. O valor do contrato da Coperjaíba com a rede municipal de ensino de Montes Claros é de R$ 480 mil e tem duração até o fim do primeiro semestre de 2015. Serão fornecidos mamão, banana, melancia e batata doce, totalizando 210 toneladas.

PNAE em Minas Gerais

O PNAE é um programa do governo federal que, por meio da lei federal nº11.947, garante que 30% dos recursos para a merenda escolar sejam destinados à compra de gêneros alimentícios produzidos pela agricultura familiar. Dessa forma, o PNAE tem garantido um cardápio variado na merenda escolar e mercado para os agricultores familiares.

As atribuições da Emater-MG no programa são bem amplas e abrangem desde a assistência técnica, mobilização de agricultores, emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), orientação e elaboração de projetos até capacitação dos agricultores em boas práticas de produção.

Em 2013, a Emater-MG orientou cerca de 8 mil produtores, em 556 municípios, visando a participação deles no PNAE. Para 2014 a meta é atender7.200 agricultores em 600 municípios no Estado.

*Projeto de Irrigação do Jaíba

O Perímetro de Irrigação do Projeto Jaíba está localizado entre o rio São Francisco, onde ocorreu o desvio para abastecer os canais, e o rio Verde Grande. A região se destaca como importante polo produtor de fruticultura, principalmente de banana, limão e manga. A área do projeto tem aproximadamente 1.830 pequenos produtores, que recebem assistência técnica da Emater-MG, além de 90 médios produtores e 55 empresários. A atual área irrigada do projeto, incluindo as etapas I e II, é de aproximadamente 20 mil hectares.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).