Inicio » Colunistas » Coluna – Templo do Ecumenismo Divino

Coluna – Templo do Ecumenismo Divino


Reviewed by:
Rating:
5
On 5 de novembro de 2014
Last modified:5 de novembro de 2014

Summary:

Coluna - Templo do Ecumenismo Divino

Vem o tempo em que todos compreenderemos a importância da prática de um frutuoso e fraterno inter-relacionamento espiritual, social, religioso, político, científico, filosófico, esportivo etc. É uma questão de estratégia de sobrevivência, que tem na Economia da Solidariedade Humana indispensável alicerce. Insisto nesse caminho desde a década de 1980, quando defendi essa tese na “Folha de S.Paulo”. É solução compatível com a Humanidade que precisa ter humanidade com ela mesma.

Para sairmos vitoriosos, considero muito útil ouvirmos, em nossas Almas, a Inspiração de Deus ou — para os que ainda não descobriram o Pai Celestial — dar atenção ao bom senso da Paz. Aliás, de forma instintiva, as criaturas sempre procuram como parâmetro uma Experiência Superior.

Visando atender igualmente a esse anseio, fundei em Brasília, no dia 21/10/1989, o Templo da Boa Vontade (TBV). Em “Reflexões da Alma” (2003), destaquei quatro pilares que regem nossas ações: Ecumenismo Irrestrito, Ecumenismo Total, Ecumenismo dos Corações e Ecumenismo Divino.

Apresento hoje a vocês o que fundamenta o TBV na sua expressão de Templo do Ecumenismo Divino. Trata-se do contato socioespiritual entre a criatura e seu Criador. (…) Portanto, falo da universalização do ser humano que se integra na sua origem divina, tornando-se o Homem-Vertical, quer dizer, o Homem-Espiritual, ou mais: o Homem-Espírito. É o fim do império da matéria, pela pura e simples compreensão de que ela não existe (porquanto o próprio átomo é cheio de espaços vagos). Daí eu já ter afirmado que matéria também é Espírito.

No próximo sábado, 8/11, a partir das 15 horas, celebraremos o Jubileu de Prata do TBV, na Praça Alziro Zarur (em frente ao Templo). Estão todos cordialmente convidados.

APARECIDA LIBERATO

Há poucos dias, no Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, nossa amiga Aparecida Liberato, numeróloga e escritora, comentou sobre sua visita ao Templo da Paz e seus 25 anos: “Foi dos momentos mais incríveis que passei. Um Templo que tem toda uma história e uma ligação com números. É um lugar que recebe a todos. Lembro-me de que estava fazendo o caminho da Espiral e o quanto consegui retroceder no meu passado e pensar em mim mesma, me destituir de tudo que não era bom para mim. Quando terminei, estava tão leve e inspirada! Meus parabéns para o Templo, para o Paiva Netto e para essa gente maravilhosa que está no mundo inteiro e que comunga nesse valor de fraternidade!”.

GUGA

Considerado o maior tenista da história do Brasil, o entusiasta Gustavo Kuerten, o querido Guga, lançou recentemente a obra “Guga – um brasileiro”, em que nos conta sua trajetória de vida desde a infância. Além de ter sido um festejado campeão em quadra, é um vencedor de obstáculos. Fiquei feliz ao receber seu livro autografado: “Ao José de Paiva Netto, um abraço carinhoso”. Quando me dirigiu suas fraternas palavras, relatou: “Tenho fortes lembranças da LBV, pois desde pequeno já acompanhava seus programas pela televisão”.

Ao Guga, o agradecimento e o afetuoso abraço dos legionários da Boa Vontade.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor

José de Paiva Netto
José de Paiva Netto

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).