Inicio » Mais Seções » Google Glass atrapalha a visão ao criar pontos cegos

Google Glass atrapalha a visão ao criar pontos cegos


Reviewed by:
Rating:
5
On 7 de novembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Google Glass atrapalha a visão ao criar pontos cegos

Pesquisadores norte-americanos jogaram um banho de água fria no novo queridinho dos fissurados em tecnologia: o Google Glass, que pode prejudicar a visão, alerta um estudo publicado nesta quarta-feira no “Journal of the American Medical Association (Jama)”.

Google Glass atrapalha a visão ao criar pontos cegos
Google Glass atrapalha a visão ao criar pontos cegos

A visão periférica é o principal componente da visão e essencial para atividades diárias, como dirigir, praticar esportes e para a segurança do pedestre. As armações de óculos convencionais podem reduzir o campo de visão, algumas vezes causando até pontos cegos, e dispositivos vestíveis como o Google Glass têm armações ainda mais pronunciadas.

Tsontcho Ianchulev, da Universidade da Califórnia em São Francisco, nos EUA, comparou, a partir de um teste de campo visual, óculos regulares e o dispositivo. Três indivíduos saudáveis participaram do estudo e usaram o equipamento, seguindo as recomendações do fabricante, por 60 minutos de aclimatação. Outras imagens de usuários foram coletadas na internet.

O teste demonstrou significativos pontos cegos nos três voluntários enquanto usavam o dispositivo, criando uma obstrução clínica do campo visual no quadrante superior direito. Os problemas foram induzidos pelo design da armação do Google Glass e não por interferências relacionadas ao software. Uma análise com 132 imagens de pessoas com o Google Glass indicou que muitas pessoas usam o equipamento próximo ou sobreposto ao eixo pupilar (uma linha perpendicular à superfície da córnea, que passa pelo centro da pupila), o que pode induzir a escotomas (os pontos cegos) e interferir em funções diárias.

Os autores afirmam que o estudo é limitado pelo pequeno número de participantes e que uma amostra maior será necessária para identificar os fatores que influenciam o ponto cego.

Alerta. Especialistas em visão já haviam alertado, em reportagens anteriores, que o dispositivo pode ser prejudicial aos usuários. Em entrevista ao “Mashable”, o oftalmologista Nathan Bonilla-Warford disse que os usuários do Google Glass podem experimentar algum impacto fisiológico, como a fadiga ocular e olhos secos. “Isso poderia acabar causando dores de cabeça e no pescoço, sintomas semelhantes ao da síndrome da visão no computador e da tensão ocular digital”, disse.

A tensão ocular causada por longas horas de uso do computador também poderia ocorrer, segundo o especialista, porque o Google Glass fica extremamente perto dos olhos, aumentando as chances de irritá-lo. Já o médico Michael Enrenhaus, do New York Cornea Consultants, acredita que a distração é um problema ainda maior que o da tensão nos olhos. “A questão maior é que você não vai querer cair em um bueiro enquanto está tentando olhar para as imagens nos óculos”.

O produto
O Google Glass é um acessório em forma de óculos que possibilita a interação dos usuários com diversos conteúdos em realidade aumentada

O eletrônico faz fotos a partir de comandos de voz, envia mensagens instantâneas e realiza videoconferências

Os aparelhos ainda são vendidos pelo “Glass Explorer Program”, em que os usuários compram o aparelho ainda longe da versão comercial final para dar opiniões. O produto está disponível apenas nos EUA.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).