Inicio » Empreender em Foco » Cresce o número de freelancers no Brasil‏

Cresce o número de freelancers no Brasil‏


Reviewed by:
Rating:
5
On 10 de novembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Cresce o número de freelancers no Brasil‏

De acordo com um levantamento realizado pelo portal freelancer.com, maior plataforma de interação entre profissionais e empresas do mundo, do total de freelancers no Brasil cadastrados no site, a maior parte é da cidade de São Paulo (13%). Seguindo este ranking, aparece Rio de Janeiro com 5%, Belo Horizonte e Curitiba com 2% cada e Porto Alegre com 1,6%.

Cresce o número de freelancers no Brasil‏
Cresce o número de freelancers no Brasil‏

Para fazer esta pesquisa, o portal levou em consideração cidades com mais de 100 usuários cadastrados e o total de profissionais brasileiros no site, de aproximadamente 200.000 freelancers, cerca de 1,5% dos profissionais independentes de todo o mundo.

 “Trabalhando como freelancer é possível quebrar barreiras de continentes e países, então as opções acabam sendo muito maiores do que um emprego com carteira assinada em que você precisa comparecer à empresa. É um tipo de negócio que tende a crescer”, destaca Sebastián Siseles, diretor regional para América Latina do freelancer.com.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).