Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Museu do vale do São Francisco

Norte de Minas – Museu do vale do São Francisco

O Ministério da Cultura (Minc) promete incluir a Casa da Memória do Vale do São Francisco no circuito nacional de museus. O espaço entrou para o catálogo do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia criada em 2009, durante o governo Lula, para substituir o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O assunto é destaque na imprensa local neste final de semana, embora não tenha sido divulgada a informação de quando e como foi feito esse reconhecimento. Nos sites do Minc e do Ibram não há nenhuma referência ao assunto.

Prédio da Casa da Memória em Januária: Ibram reconhece museológica da entidade
Prédio da Casa da Memória em Januária: Ibram reconhece museológica da entidade

Na prática, a medida permite que a Casa e o Memorial de Exposição Permanente do Centro de Artesanato de Januária se habilitem para concorrer aos editais para fomento ao setor museológico. O status também abre espaço para o repasse de recurso via emendas parlamentares e aos mecanismos de renúncia fiscal prevista na Lei Rouanet, que concede dedução no imposto de renda para empresas que topem patrocinar projetos culturais.

Em nota a atual petista em Januária diz que a conquista é resultado de gestões iniciadas em março passado. A Casa da Memória tem se mantido até aqui graças à persistência obstinada da professora aposentada Maura Moreira e tem perfil mais aproximado de centro cultural do que propriamente espaço museológico. O prédio que serve de sede à Casa era uma antiga prisão do município e ainda conserva as antigas celas em que criminosos da região eram segregados do convívio social. Posteriormente também serviu de abrigo para o fórum local.

A expectativa é que o novo status abra espaço para investimentos no acervo do museu, que ainda é bastante limitado, e na contratação de curadoria para melhorar a gestão do espaço museológico. Não será tarefa fácil, já que há mais promessas do que verbas efetivas para o setor.

Pesquisa cartográfica

O Ibram chegou até Januária no bojo da pesquisa cartográfica que mapeou a existência de iniciativas na área para a criação do Cadastro Nacional de Museus, entre 2006 e 2011. O Ibram, por exemplo, foi alocado em um modernoso prédio no Setor Bancário Norte, aqui em Brasília, cujo aluguel deve consumir boa parte dos seus recursos orçamentários.

“A inclusão da Casa da Memória e do Memorial de Exposição Permanente do Centro de Artesanato é de fundamental importância para que o município de Januária possa conseguir o financiamento de projetos no setor museológico”, comemora a secretaria municipal de Turismo do município, Elzina Escobar. Ainda que o reconhecimento do Ibram tenha caráter mais burocrático do que prático, trata-se de avanço, sem dúvida, na direção de se conseguir recursos para fomentar importante e rara iniciativa na preservação da memória regional .

Por Luís Cláudio Guedes

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).