Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Chinês compra 99 iPhones 6 para pedir namorada em casamento e ela nega

Chinês compra 99 iPhones 6 para pedir namorada em casamento e ela nega

Quando se pensa em loucuras de amor, a criatividade realmente não tem limites. Na China, um homem tentou provar o seu amor comprando 99 iPhones 6 formando com coração para pedir a namorada em casamento. Ele desembolsou US$ 79 mil e o pior: levou um baita NÃO como resposta e em público.

Chinês compra 99 iPhones 6 para pedir namorada em casamento e ela nega
Chinês compra 99 iPhones 6 para pedir namorada em casamento e ela nega

Há quem diga que o cenário foi uma jogada de marketing de uma loja de eletrônicos, porém, nenhuma informação foi confirmada após a cena realizada no centro de uma cidade chinesa.

Segundo o site Weibo, a única coisa que se sabe, é que o rapaz arrumou a cena e pediu para um amigo fotografar a cena de diferente ângulos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).