Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso » Coluna – Por Conta da Casa

Coluna – Por Conta da Casa

Hoje eu sai de casa decidido a quebrar a cara do primeiro que me encher o saco! Disse o homem entrando no boteco lotado de beberrões. – Põe um pinga pra mim! Falou com voz intimadora ao balconista, que sem querer confusão e perder a venda, virou-se calado e trouxe uma dose de pinga amarela. – Quem te falou que eu quero é desta pinga? Gritou olhando secamente para o comerciante que de cabeça baixa foi trocar a bebida. – Quem te falou que eu quero é desta pinga? Gritou novamente para a surpresa do atendente que demonstrava calma e paciência. – Desculpe meu amigo, aqui só temos pinga branca e amarela! – Você está curtindo com a minha cara seu testa de amolar machado?! – De forma alguma senhor, estou aqui para servi-lo da melhor maneira possível! – Então me traga um pinga de macho, seu bigode de arame! – Desculpe senhor, mas no meu estabelecimento não fazemos tal divisão de gênero! O sujeito provocador girou a cabeça em seu próprio eixo, procurou algum rosto animoso para saciar sua ira e se voltou ao vendedor. – Não me interessa suas regras frescas não! Eu quero uma cachaça que não seja branca nem amarela! Após alguns segundos a pinga estava no balcão, amarela misturada a branca com um leve toque de jurubeba, ficando uma cor escurecida diferente do tom normal das cachaças. – Quê isso botequeiro? – Sua pinga senhor! – Minha Pinga? E eu lá vou tomar pinga preta? – Senhor, mas estou atendendo o seu pedido!- Pedido meu não! Eu não lhe pedi pinga preta? O balconista olhou tranquilamente para o horizonte que se desgarrava da vista numa paisagem de Almeida Junior na parede em frente, assoviou e sentiu uma fumaça quente sair dos ouvidos, mas ainda tinha um pouco de paciência e queria gastá-la para o bem de todos. – Meu senhor é o seguinte, agradecemos muito a vossa preferência e queremos sempre a satisfação do cliente, mas quando não é possível agradar o melhor é que procures outro recinto!- O quê? Você está me mandando sair desta espelunca? Não saio nem daqui ninguém me tira! Se acaso tem algum macho que quiser tentar que venha! Vou lhe mostrar com quantos paus se faz uma canoa! Ao final das injurias lançou a o liquido ardente aos pés do atendente que recuou, mas não conseguiu se livrar de ter os pés lavados pela cachaça. Algum botão automático foi acionado e a porta se fechou, um grupo de jogadores de cartas levantou-se cercando o valente cidadão, o comerciante enfiou a mão por trás da caixa registradora e puxou um revolver 38 empoeirado, girou a tampa na frente do homem comprovando que as balas estavam lá. Um gato preto miou alto e correu passando entre os freqüentadores, da porta dos fundos um velho barrigudo usando um tapa olho saiu amolando um facão e fumando um cigarro de palha. – E então meu senhor, qual é mesmo a pinga que vai querer? O cliente olhou para os lados, viu que em todos os olhos dentes afiados queriam mastigá-lo, educadamente respondeu em tom de submissão; – Tem alguma que o senhor me indica?- Sim! Respondeu ironicamente o comerciante, dentro do copo de 200 ml misturou tudo que havia nas prateleiras e na frente do homem chacoalhou um vidro de pimenta foguinho e colocou a gosto, mexeu e teve uma crise de espirro com a acidez da bebida. – Prontinho meu senhor aqui está sua bebida! O homem tentou se afastar com um gesto de repulsa, mas o comerciante soprou a poeira do revolver e o colocou em cima do balcão, o velho de tapa olho riscou o facão no chão e os outros socavam a palma da mão esquerda com a direita. Sem opção, o cliente ingeriu aquele fogo em três goles, ao final olhou com lágrimas de piedade queimando todos os orifícios, enquanto o comerciante com a tranqüilidade ordinária mandou que abrissem a porta e disse calmamente; – Vá em paz meu senhor, está é por conta da casa!

Por Adilson Cardoso

Adilson Cardoso
Adilson Cardoso
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

De compra pela internet a mesada, veja opções de uso do cartão pré-pago internacional ZenCard MasterCard

De compra pela internet a mesada, veja opções de uso do cartão pré-pago internacional ZenCard MasterCard

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.De compra pela …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).