Inicio » Nacional » Brasil – Número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumenta 50,9% em três anos

Brasil – Número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumenta 50,9% em três anos


Reviewed by:
Rating:
5
On 12 de novembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Brasil - Número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumenta 50,9% em três anos

O número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumentou 50,9% entre 2011 e 2013, procedentes principalmente do Haiti, Argentina, Bolívia e Paraguai, segundo os dados do Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra) divulgados nesta quarta-feira pelo ministro do Trabalho, Manoel Dias.

Brasil - Número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumenta 50,9% em três anos
Brasil – Número de trabalhadores estrangeiros no Brasil aumenta 50,9% em três anos

O número de estrangeiros com emprego formal no Brasil subiu inicialmente 19%, desde os 76.578 de 2011 até os 94.688 de 2012, e no ano seguinte saltou 26,8%, até 120.056.

De acordo com o estudo, os países de procedência mais frequentes são Argentina, Bolívia e Paraguai, todos eles fronteiriços com o Brasil, assim como Portugal e alguns países do Caribe, especialmente o Haiti.

Segundo o relatório, os destinos preferidos pelos trabalhadores que emigram ao Brasil são os estados do sul e do sudeste do país.

Por outro lado, o relatório também recolhe que a população estrangeira que mais cresceu no Brasil foi a haitiana, que passou de ter 814 trabalhadores legais no país em 2011 a 14,5 mil em 2013.

Segundo o estudo, além dos haitianos, os países do Mercosul também aumentaram sua participação no mercado de trabalho formal brasileiro dado que o número de peruanos aumentou 182,2% entre 2011 e 2013 e, no mesmo período, o de colombianos cresceu 175,4%.

“O Brasil não tinha uma tradição de receber grandes imigrações, especialmente desde os anos 50. Isso mudou e hoje temos no campo da geração de emprego a maior projeção de país no exterior “, disse Dias em declarações recolhidas em comunicado emitido pelo Ministério do Trabalho.

Segundo o texto publicado pelo organismo, a população que emigrou para o Brasil na busca de emprego tem que ser atendida com os mesmos projetos de qualificação profissional oferecidos à população nativa.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).