Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil 2014 – Galo aproveita clima no Horto e abre vantagem sobre o Cruzeiro na final

Copa do Brasil 2014 – Galo aproveita clima no Horto e abre vantagem sobre o Cruzeiro na final

O Atlético-MG deu um passo importante para faturar o título inédito da Copa do Brasil 2014. O Galo cantou forte, foi vingador e venceu o rival Cruzeiro por 2 a 0, nesta quarta-feira, em um Independência colorido de preto e branco. Na primeira parte da decisão histórica, Luan e Dátolo foram os heróis, fazendo um gol em cada tempo.

Diego Tardelli e Lucas Silva disputam bola em final
Diego Tardelli e Lucas Silva disputam bola em final

Com o resultado, o Galo pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta que vai se dar bem no confronto e levantar a taça. Para o Cruzeiro, um placar favorável de 4 a 1, por exemplo (que o rival usou nas quartas e na semifinal), é uma das opções suficientes. A definição do campeão será no dia 26 de novembro, no Mineirão, só com torcida cruzeirense.

Mesmo com o Independência não tendo lotação total, a atmosfera do primeiro dos dois jogos decisivos entre os rivais mineiros foi fantástica. No primeiro tempo, os times responderam com disposição, apesar de a inspiração ter sido muito menor que a transpiração. Uma correria sem fim.

Apesar do duelo pegado, não houve roteiro melhor para o Galo: placar aberto logo aos oito minutos do primeiro tempo. Luan, que já tinha marcado nos jogos do “eu acredito” contra Corinthians e Flamengo, também balançou a rede diante da Raposa. O cruzamento de Marcos Rocha foi certeiro, Mayke bobeou, e o atleticano comemorou. Quem também deu mole foi a arbitragem. O auxiliar Rodrigo Corrêa não viu que Luan estava em posição de impedimento na jogada.

O Cruzeiro ficou um pouco anestesiado, enquanto o Galo seguiu elétrico, energizado pela massa. A Raposa preferiu adotar a estratégia de cadenciar o jogo. Só que a cadência não significou trocas de passe eficientes no campo de ataque. Foi uma enxurrada de cruzamentos e jogadas lentas que quase não levaram perigo a Victor.

A Raposa teve os mesmos problemas na etapa final. Nem a entrada de Nilton deu equilíbrio ao meio-campo ou resolveu a saída de bola. Pelo contrário. O Atlético-MG continuou vibrante, explosivo. E o Independência pegou fogo de vez quando Dátolo fez o segundo gol, aos 13 minutos.

Marcelo Oliveira tentou dar outra cara ao Cruzeiro, sacando o inoperante Everton Ribeiro e colocando Júlio Baptista. Mas não foi só o craque do Brasileirão-2013 que ficou devendo. Também houve mérito do sistema defensivo do Galo. As torres gêmeas da vez foram Leonardo Silva e Jemerson. E elas não sucumbiram com os raros ataques aéreos celestes. Prova disso é que Marcelo Moreno não arrumou nada no jogo.

O Galo se segurou e o Cruzeiro parou. Agora é esperar o jogo no Mineirão e saber se o “eu acredito” vai mudar de lado (vestindo-se de azul) ou se o “caiu no Horto, tá morto” terá efeito permanente na final da Copa do Brasil.

ATLÉTICO-MG 2 X 0 CRUZEIRO

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data/Hora: 12/10/2014, às 22h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Rodrigo Corrêa (RJ)

Cartões amarelos: Josué (CAM)

Gols: Luan, 8’/1ºT (1-0); Dátolo, 13’/2ºT (2-0)

ATLÉTICO-MG: : Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Josué e Dátolo; Luan (Marion, 24’/2ºT), Diego Tardelli e Carlos. Técnico: Levir Culpi

CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique, Lucas Silva (Nilton, intervalo), Everton Ribeiro (Júlio Baptista, 17’/2ºT), Ricardo Goulart (Dagoberto, 24’/2ºT) e Willian; Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).