Inicio » Internacional » África » África – Médicos chineses na Libéria reforçam luta contra ebola

África – Médicos chineses na Libéria reforçam luta contra ebola

Uma equipe de profissionais de saúde da China chegou à Libéria para ajudar na luta contra o ebola, depois de Pequim ter se comprometido a apoiar os países afetados pela doença.

Até agora, 2.812 pessoas morreram na Libéria devido ao ebola
Até agora, 2.812 pessoas morreram na Libéria devido ao ebola

Os profissionais chineses, epidemiologistas e enfermeiras, em um total de 160 pessoas, vão gerir uma unidade de tratamento do ebola no valor de US$ 41 milhões, que deve entrar em funcionamento dentro de dez dias, anunciou nesse domingo (16) o embaixador chinês na Libéria, Zhang Yue.

Até agora, 2.812 pessoas morreram na Libéria devido ao ebola.

A China prometeu ajudar os países afetados pela doença, disponibilizando recursos no valor de US$ 122 milhões.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).