Inicio » Mais Seções » Saúde – Gengibre acaba com o mau hálito

Saúde – Gengibre acaba com o mau hálito


Reviewed by:
Rating:
5
On 18 de novembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Saúde - Gengibre acaba com o mau hálito

Para aqueles que estão sempre em busca de práticas para deixar a boca ainda mais limpa e o hálito mais fresco, existem alguns alimentos naturais que podem ser grandes aliados da saúde bucal. O gengibre, por exemplo, é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e “clareia” a voz.  

O gengibre é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e clareia a voz
O gengibre é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e clareia a voz

“O gengibre ajuda a combater o mau hálito, pois atua como um adstringente natural, estimulando alguns processos digestivos por fazer parte da categoria dos alimentos antioxidantes e anticoagulantes”, diz Mariana Pereira Alves, coordenadora do CETH (Centro de Excelência no Tratamento da Halitose) do Espírito Santo.

Levando em conta seu poder antisséptico, o gengibre também pode ser usado em forma de xarope (para fazer gargarejos) ou em pequenos pedaços (para serem mastigados) para deixar o hálito mais limpo e fresco e eliminar irritações na garganta.

Mas Mariana alerta que, embora alivie o cheiro ruim da boca, o gengibre não pode substituir uma boa higiene bucal. “O gengibre age mais como uma tática emergencial, disfarçando o mau hálito, pois o ideal é fazer uma higiene bucal adequada, incluindo fio dental, escovação dos dentes, limpeza da língua e, se possível, o uso de um enxaguante bucal a base de dióxido de cloro”, diz a especialista.

Amigo dos cantores, pero no mucho
A fama de que o gengibre também faz bem para a voz é tão grande que diversos cantores famosos já assumiram que o usam antes de subir aos palcos. A cantora Amy Winehouse foi uma delas. Durante um show que fez aqui no Brasil, ela exigiu que no seu camarim tivesse gengibre “in natura” fatiado e fresquinho para que ela pudesse mastigar antes de soltar a voz.

Porém, é importante tomar alguns cuidados com o benefício dessa planta. “O gengibre tem a propriedade de anestesiar as pregas vocais, o que promove uma sensação de alívio. Entretanto, durante essa sensação, pela anestesia, se perde a sensibilidade e passa-se a utilizar as pregas vocais de forma mais abusiva durante a fala”, diz Ana Paola Nicolielo, fonoaudióloga da Clínica Odontológica da FOUSP.

Consumo e outros benefícios
Uma das vantagens do consumo do gengibre é que ele pode ser feito de muitas formas, com chás, sucos, xarope, balas, pastilhas, em pedaços, ralado ou em pó. Para quem acha o gosto dele forte demais para ser consumido puro, existe a possibilidade de acrescentá-lo nas refeições, o que suaviza seu gosto.

Esse sabor picante da planta vem de uma substância denominada gingerol que é dotada de propriedades antiinflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. “Assim, o gengibre assume muitos benefícios terapêuticos como: ação bactericida, desintoxicante e ainda é capaz de melhorar o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório”, diz Ana Paola. Entre seus vários pontos positivos, está sua eficácia contra enjôos, náuseas, ressaca, além de sua capacidade de ajudar no processo de emagrecimento.

Agência Beta

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).