Inicio » Mais Seções » Saúde – Gengibre acaba com o mau hálito

Saúde – Gengibre acaba com o mau hálito

Para aqueles que estão sempre em busca de práticas para deixar a boca ainda mais limpa e o hálito mais fresco, existem alguns alimentos naturais que podem ser grandes aliados da saúde bucal. O gengibre, por exemplo, é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e “clareia” a voz.  

O gengibre é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e clareia a voz
O gengibre é eficiente no combate ao mau hálito e problemas respiratórios e ainda acalma a garganta e clareia a voz

“O gengibre ajuda a combater o mau hálito, pois atua como um adstringente natural, estimulando alguns processos digestivos por fazer parte da categoria dos alimentos antioxidantes e anticoagulantes”, diz Mariana Pereira Alves, coordenadora do CETH (Centro de Excelência no Tratamento da Halitose) do Espírito Santo.

Levando em conta seu poder antisséptico, o gengibre também pode ser usado em forma de xarope (para fazer gargarejos) ou em pequenos pedaços (para serem mastigados) para deixar o hálito mais limpo e fresco e eliminar irritações na garganta.

Mas Mariana alerta que, embora alivie o cheiro ruim da boca, o gengibre não pode substituir uma boa higiene bucal. “O gengibre age mais como uma tática emergencial, disfarçando o mau hálito, pois o ideal é fazer uma higiene bucal adequada, incluindo fio dental, escovação dos dentes, limpeza da língua e, se possível, o uso de um enxaguante bucal a base de dióxido de cloro”, diz a especialista.

Amigo dos cantores, pero no mucho
A fama de que o gengibre também faz bem para a voz é tão grande que diversos cantores famosos já assumiram que o usam antes de subir aos palcos. A cantora Amy Winehouse foi uma delas. Durante um show que fez aqui no Brasil, ela exigiu que no seu camarim tivesse gengibre “in natura” fatiado e fresquinho para que ela pudesse mastigar antes de soltar a voz.

Porém, é importante tomar alguns cuidados com o benefício dessa planta. “O gengibre tem a propriedade de anestesiar as pregas vocais, o que promove uma sensação de alívio. Entretanto, durante essa sensação, pela anestesia, se perde a sensibilidade e passa-se a utilizar as pregas vocais de forma mais abusiva durante a fala”, diz Ana Paola Nicolielo, fonoaudióloga da Clínica Odontológica da FOUSP.

Consumo e outros benefícios
Uma das vantagens do consumo do gengibre é que ele pode ser feito de muitas formas, com chás, sucos, xarope, balas, pastilhas, em pedaços, ralado ou em pó. Para quem acha o gosto dele forte demais para ser consumido puro, existe a possibilidade de acrescentá-lo nas refeições, o que suaviza seu gosto.

Esse sabor picante da planta vem de uma substância denominada gingerol que é dotada de propriedades antiinflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. “Assim, o gengibre assume muitos benefícios terapêuticos como: ação bactericida, desintoxicante e ainda é capaz de melhorar o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório”, diz Ana Paola. Entre seus vários pontos positivos, está sua eficácia contra enjôos, náuseas, ressaca, além de sua capacidade de ajudar no processo de emagrecimento.

Agência Beta

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).