Inicio » Mais Seções » Motor – Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo

Motor – Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo

Muitos de nós, quando saímos de casa para resolver algum problema pela cidade, usamos veículos pouco adequados para essas necessidades. Para que usar um veículo de duas toneladas com motor a gasolina para deslocamentos tão pequenos, e com tão pouca carga e passageiros a bordo?

Motor - Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo
Motor – Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo

É quase como ir às compras com uma nave espacial da Nasa: um uso altamente ineficiente de uma máquina potente demais. Essa é a lógica por trás da indústria dos carros elétricos, que tenta convencer as pessoas a usarem veículos mais leves e menos poluentes para tarefas mais comezinhas do cotidiano.

Motor - Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo
Motor – Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo

O desafio do empreendedor Mark Frohnmayer é popularizar a sua proposta: o Arcimoto SRK, um veículo de três rodas que custa menos de US$ 20 mil (cerca de R$ 50 mil) – cerca de metade do valor de um carro elétrico no mercado atual.

Mas como o Arcimoto SRK é diferente de um carro elétrico? A principal mudança está no fato de ele ter três rodas. Ao contrário da maioria dos triciclos, o Arcimoto tem duas rodas na frente e uma atrás.

“Para dirigir com eficiência na estrada, não se precisa dessa roda extra, desde que o veículo seja bem desenhado e esteja com o peso colocado no lugar certo”, diz Frohnmayer. Dois terços dos cerca de 630 quilos do carro são colocados em cima das duas rodas dianteiras.

Motor - Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo
Motor – Carro de três rodas Arcimoto SRK quer popularizar veículos baratos no mundo

Outra mudança radical está na colocação dos assentos. Motorista e passageiro andam “em fila” – um na frente e outro atrás – e não lado a lado, como na maioria dos carros. Essa melhor distribuição do peso dentro do carro reduz a necessidade de potência no motor. A ausência de uma roda também melhora o desempenho do carro com ganho de aerodinâmica, segundo o criador.

O veículo foi produzido para poder ser carregado em uma tomada comum. Em tomadas 110-volt, cada hora de carga gera 12 quilômetros de rodagem; em tomadas 220-volt, 48 quilômetros. “Também criamos a nossa própria tecnologia de baterias. Um dos motivos pelo qual conseguimos baixar tanto o preço é que reduzimos o custo do sistema de baterias”, diz Frohnmayer.

No mercado no final de 2016

O veículo é todo aberto, como uma moto ou um buggy, mas para dias chuvosos, a empresa criou paineis de policarbonato leves. O automóvel ainda não está disponível no mercado. Neste mês, 15 protótipos estão sendo testados nas ruas do Estado americano do Oregon. Os testes serão conduzidos até metade do próximo ano.

Em seguida, o carro será adaptado de acordo com o resultado dos testes. A meta é começar a produzir o veículo comercialmente no final de 2016.

“Ainda temos muita coisa pela frente antes de criarmos uma linha de produção”, diz Frohnmayer, que fundou a empresa de carros elétricos depois de vender sua bem-sucedida start-up de games. O dinheiro foi usado para investir na Arcimoto – que é um neologismo baseado em palavras de latim, significando “futuro que eu dirijo”.

Formado em engenharia elétrica e ciência da computação, ele passou sete anos testando formas de reduzir o impacto ambiental do Arcimoto SRK. “O SRK será o primeiro veículo elétrico funcional e barato para as massas”, diz o criador. Ir ao supermercado, afirma Frohnmayer, não precisa mais se comparar a uma missão da Nasa. [Da BBC via BBC Auto]

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).