Inicio » Esporte » Copa do Brasil » Copa do Brasil 2014 – TJ determina redução dos ingressos do Atlético-MG para R$500

Copa do Brasil 2014 – TJ determina redução dos ingressos do Atlético-MG para R$500


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de novembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Copa do Brasil 2014 - TJ determina redução dos ingressos do Atlético-MG para R$500

O  Tribunal de Justiça de Minas Gerais  acatou a ação do Ministério Público de Minas Gerais e determinou que o Cruzeiro comercialize ingressos para a torcida do Atlético-MG a preço não superior a R$500, sob multa de R$10.000 para cada bilhete vendido para o setor roxo acima desse valor.

Copa do Brasil 2014 - TJ determina redução dos ingressos do Atlético-MG para R$500
Copa do Brasil 2014 – TJ determina redução dos ingressos do Atlético-MG para R$500

Segundo o juiz José Maurício Cantarino Villela, que analisou a ação, o valor do ingresso a R$ 1.000 revela um aumento aproximado de 833,33%, acima dos preços destinados aos setores vip do estádio, sendo que o setor roxo não assume condição física e de conforto iguais ao referido setor.

“Dessa forma, a fim de adequar o procedimento de cobrança dos ingressos no Setor Oeste Superior , aos dispositivos do Estatuto do Torcedor e Código de Defesa do Consumidor, acima mencionados, é pertinente que seja adotado o percentual médio aplicado às outras 10 (dez) categorias de ingresso existentes (tabelas 2 e 3), na forma apontada pelo Ministério Público a f. 09, para se fixar como valor a ser cobrado a importância de R$ 500,00 (quinhentos reais)”, diz a sentença.

O Cruzeiro já está ciente da determinação, mas ainda não sabe quais providências irá tomar. O clube pode recorrer da decisão.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).