Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Samu realiza reunião pública em Francisco Sá

Norte de Minas – Samu realiza reunião pública em Francisco Sá

Com o tema “Parceria pela Vida: o Samu mais perto de você”, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Norte de Minas (Samu Macro Norte) promove mais uma reunião pública na região.

Cerca de 200 pessoas participaram do encontro - foto Jerusia Arruda
Cerca de 200 pessoas participaram do encontro – foto Jerusia Arruda

O encontro foi realizado nesta quarta-feira, 19/11, no ginásio poliesportivo da escola estadual Tiburtino Pena, em Francisco Sá, e contou com a participação de prefeitos, profissionais de saúde, entre outros representantes dos seis municípios que compõem a microrregião.

O ciclo de reuniões está sendo realizado nos municípios sede das nove regiões de saúde do Norte de Minas com o objetivo de promover um esforço de comunicação de caráter educativo e social para que a população seja orientada em relação à melhor utilização dos serviços prestados pelos Samu, especialmente no combate aos trotes que respondem por 30% dos chamados recebidos pelo serviço através do número 192.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde da rede de Urgência do Norte de Minas (Cisrun) e prefeito de Bocaiuva, Ricardo Afonso Veloso, destaca que em dezembro de 2014 o Samu Macro Norte completa seis anos com muitos avanços, e é importante que a população seja orientada para melhor utilizar o serviço. “A atuação do Samu tem contribuído sobremaneira para assistência à saúde em todos os níveis, pois, além do serviço de resgate, muitas pessoas que certamente se dirigiriam aos hospitais em busca de atendimento sem real necessidade, são orientadas, via telefone, pelo médico regulador, ou assistidas e liberadas pelas unidades de resgate no local do atendimento. Então, é importante que a população entenda todas as possibilidades de assistência que ela pode ter acesso através do número 192 e utilize esses recursos de forma correta e sustentável”, explica o prefeito.

Durante o encontro, foram apresentados os dados estatísticos dos atendimentos do Samu na microrregião; orientações sobre a adoção de comportamento seguro para evitar acidentes ou situações que coloquem a vida em risco; as situações em que o Samu deve ser acionado pelo número 192; e os avanços alcançados pelo serviço nos últimos cinco anos. Os prefeitos também receberam uma homenagem como “Município Perceiro pela Vida”, pela relevante participação como ente consorciado na organização e manutenção do Samu na região.

Com população de 73.910 habitantes, a microrregião de Francisco Sá possui três unidades básicas do Samu e gera uma média mensal de 228 chamados para atendimento de urgência e emergência, sendo 47% na zona rural e em rodovias, grande parte em decorrência de acidentes de trânsito.

O prefeito de Francisco Sá, Denilson Rodrigues Silveira, destaca que a região de Francisco Sá sempre foi vulnerável por causa do intenso fluxo de veículos, especialmente nas rodovias, e sem o trabalho do Samu, certamente não seria possível prestar assistência às vítimas dos muitos acidentes que ocorrem nessas vias. “Aproveitamos esse importante momento em que representantes de todos os municípios da microrregião estão reunidos para reiterar o pedido junto ao Cisrun de ampliação do suporte do Samu, com a instalação de uma base avançada para atendimento às vítimas desses acidentes”, pleiteia.

De acordo com o prefeito, a região de Francisco Sá é cortada pela BR-251, que está entre as mais perigosas do estado e que há uma distância de quase 200 quilômetros separando as bases avançadas do Samu, no trecho entre Montes Claros e Taiobeiras. “A BR-251 apresenta o segundo maior crescimento no número de vítimas fatais entre as rodovias federais que passam por Minas Gerais, superada apenas pela BR-267 (rodovia Presidente Itamar Franco), e esses acidentes estão cada vez mais graves, por isso a urgente necessidade de ampliar o suporte avançado na região”, justifica.

O presidente Ricardo Veloso explica que o Cisrun já concluiu o estudo para instalação da base avançada na região, que inclusive já foi apresentado à Comissão Intergestores (CIRA), estando aguardando a definição do financiamento por parte do Estado e do Ministério da Saúde para viabilização. “Além de dar suporte nas transferências de pacientes entre as microrregiões Salinas/Taiobeiras e Montes Claros, com a nova unidade será possível instalar na margem da via um posto avançado integrado com as outras instituições de segurança, como Polícia Rodoviária Federal e Corpo de Bombeiros, qualificando ainda mais a assistência”, pondera Ricardo Veloso.

O Samu foi implantado de forma regionalizada em 2009, a partir da organização da Rede de Urgência e Emergência na região, projeto piloto que serviu de modelo para organização regionalizada do serviço nas demais regiões do Estado de Minas Gerais, integrando 86 municípios e beneficiando mais de um milhão e meio de pessoas, resultado da parceria do Governo do Estado com o Governo Federal e as prefeituras.

A Central de Regulação, em Montes Claros, recebe mais de 1.500 chamados por dia, e a cada doze minutos uma equipe do SAMU atende uma emergência em algum ponto da região, salvando vidas, sem descanso. “Com as reuniões públicas, nossa expectativa é que o Samu possa estar cada vez mais perto da população, seja orientando na regulação médica, seja no atendimento no local, que pode ser em qualquer lugar: residência, local de trabalho ou vias públicas”, ressalta Ênius Versiani, coordenador médico do Samu.

Pela manhã, o Núcleo de Educação Permanente do Samu realizou um curso de atualização em urgência e emergência para os socorristas e profissionais dos hospitais e centros de saúde dos municípios envolvidos no encontro.

As informações são do Samu Macro Norte

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).