Inicio » Colunistas » Coluna – Jovens empreendedores

Coluna – Jovens empreendedores

Empenhar-se pelo futuro dos estudantes deve ser uma vigília constante de todos nós. Conforme expus em “É Urgente Reeducar!” (2000), devemos levar na mais alta consideração que os educandos têm de ser com eficiência qualificados para a exigente demanda do acirrado mercado de trabalho. E mais: de tal maneira que não persigam um caminho em que a profissão para a qual se aprontaram não mais exista ao fim do curso. É essencial, pois, receberem formação eficaz para que sejam arrojados, empreendedores, de modo que possam suplantar os fatos supervenientes que, a qualquer instante, desafiam a sociedade, assustando multidões.

A rede de ensino da LBV, cuja imprescindível sustentação vem do generoso povo brasileiro, tem procurado proporcionar aos jovens a melhor base educativa, visando ao enfrentamento de qualquer obstáculo no porvir.

O Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, no “Resumo da Semana”, periódico de circulação interna, discorre, na edição de 18/11, justamente a respeito desse assunto. Diz o informativo: “Não bastasse ao adolescente ter de lidar com as transformações comuns nessa fase da vida, como a mudança dos interesses, das exigências, das relações etc., é nesse momento que ele precisa tomar uma decisão que pode definir o seu futuro: a escolha profissional. Soma-se a isso o variado leque de alternativas de curso superior e de novas opções de carreira e oportunidades de trabalho que surgem a cada dia, o que pode gerar insegurança ao aluno na hora de se inserir nesse novo universo”.

Agora o jornal fala de algumas das providências que temos tomado: “Como parte da efetiva preparação oferecida pelo Conjunto Educacional Boa Vontade aos seus alunos, desde o Berçário até o Ensino Médio, a Instituição desenvolve o ‘Programa de Orientação Vocacional e Profissional’ voltado aos estudantes da última etapa da Educação Básica. Compõe a iniciativa uma série de ações, como a realização da Feira de Profissões, que reúne importantes universidades, além de profissionais de diversas áreas para interação com os educandos. Outra ação que merece destaque são as parcerias feitas com organizações especializadas, a exemplo do que ocorre com o Instituto Cocriar. A empresa está assessorando alunos da 2ª série do Ensino Médio que ainda têm dúvidas sobre a carreira a seguir após a conclusão do Ensino Básico”.

Por fim, o “Resumo da Semana” ressalta o nosso diferencial: “Tudo isso se alia à Espiritualidade Ecumênica, base da inovadora linha educacional da LBV, que enxerga o educando além do intelecto”.

Com a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, queremos equipar os moços para alçar voos mais altos e seguros.

DIVERSIDADE CULTURAL E RELIGIOSA

No dia 17/11, em Curitiba/PR, foi lançado o livro “Ensino Religioso: diversidade cultural e religiosa”, elaborado por professores de escolas estaduais e organizado pela Secretaria Estadual da Educação, em parceria com a Associação Inter-religiosa de Educação (Assintec). O propósito é subsidiar a ação didático-pedagógica dos professores de ensino religioso, contemplando as diferentes tradições e as quatro matrizes: Africana, Indígena, Ocidental e Oriental. O trabalho apresenta o Templo da Boa Vontade (TBV), uma das Sete Maravilhas de Brasília, com seu principal objetivo: a convivência pacífica entre os povos.

Agradeço ao dr. Flávio Arns, vice-governador e secretário de Estado da Educação, que nos dedicou um exemplar desse trabalho: “José de Paiva Netto, entregamos a você, com alegria, a obra produzida a muitas mãos e corações no Paraná”. 

José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor.

José de Paiva Netto
José de Paiva Netto
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).