Inicio » Mais Seções » Famosos » Médico de Andressa Urach diz que quadro de infecção pode ser fatal

Médico de Andressa Urach diz que quadro de infecção pode ser fatal

O cirurgião Julio Vedovato, médico que realizou a retirada da primeira aplicação de hidrogel nas pernas de Andressa Urach, divulgou um comunicado sobre o estado de saúde da modelo nesta terça-feira (2). Segundo a declaração, o quadro da apresentadora é grave.
Andressa Urach foi internada na madrugada desta segunda-feira (1º) em estado grave em Porto Alegre
Andressa Urach foi internada na madrugada desta segunda-feira (1º) em estado grave em Porto Alegre

Ela está com uma infecção generalizada em seu organismo, uma condição chamada de sepse. Causada por um agente infeccioso, como germes, bactérias, vírus ou fungos patogênicos, este quadro pode ser potencialmente fatal e provocar falência múltipla de órgãos.

Apesar de não estar na equipe da UTI responsável pelo tratamento da apresentadora do “Muito Show”, da RedeTV, ele diz estar acompanhando recuperação de Urach no hospital onde ela segue internada em Porto Alegre. Um boletim médico foi divulgado na manhã desta terça-feira (2) destaca que ela encontra-se sedada e respira com ajuda de aparelhos.
“No domingo, dia 30 de novembro, a paciente foi submetida a uma drenagem cirúrgica, procedimento que foi repetido na tarde de segunda-feira, dia 1º de dezembro. Andressa foi submetida a um segundo procedimento cirúrgico, com o objetivo de combater a infecção das pernas em decorrência da aplicação de hidrogel nos membros inferiores, realizada há cinco anos em uma clínica especializada. O procedimento ocorreu normalmente, não havendo nenhuma intercorrência”, afirma o documento do Hospital Conceição. Ainda não há previsão de alta.
A vice-Miss Bumbum 2012 e ex-participante do reality “A Fazenda” (2013) foi levada às pressas para o pronto-socorro na noite do último domingo (30), por familiares. Ela apresentava um quadro de pressão muito baixa. Segundo o hospital Conceição, o problema de Andressa tem decorrência de um implante de hidrogel, usado para deixar as coxas mais grossas.

LEIA O COMUNICADO DO DR. JULIO VEDOVATO NA ÍNTEGRA:  

“No dia 21 de novembro ela se submeteu a uma cirurgia para retirada de resquícios da última cirurgia feita no dia 23 de julho. Andressa já estava ciente que teria que fazer este segundo procedimento e ele ocorreu normalmente. Naquela mesma semana, ela foi gravar uma matéria na cidade de Brasília para o programa ‘Muito Show’, da Rede TV!, do qual é apresentadora, e me contactou de lá se queixando de um inchaço e desconforto na região operada, o que a fez retornar à cidade de Porto Alegre no dia 28 de novembro para que eu pudesse examiná-la. Foi constatada então uma inflamação e foi aberto um ponto para drenar esta inflamação. Ao longo do final de semana, ela teve uma piora clínica decorrente de um ‘germe’ que entrou na sua circulação sanguínea, chamada de sepse. A partir daí, a modelo deu entrada em um novo hospital onde está sendo tratada”
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - Três pessoas ficam feridas em tentativa de homicídio no bairro bairro Santo Amaro

Montes Claros – Três pessoas ficam feridas em tentativa de homicídio no bairro bairro Santo Amaro

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).