Inicio » Economia » Relação sistema financeiro e desenvolvimento local rende prêmio a egresso da Unimontes‏

Relação sistema financeiro e desenvolvimento local rende prêmio a egresso da Unimontes‏

“Concentração e Acesso ao Sistema Financeiro – uma análise exploratória de Minas Gerais no período de 2000 a 2010”. Este é o título da monografia elaborada por Pablo Castro, egresso do curso de Economia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), que conquistou o 3º lugar no XXV Prêmio Minas de Economia.

Pablo Castro, egresso do curso de Economia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)
Pablo Castro, egresso do curso de Economia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)

A iniciativa é uma promoção do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais (Corecon-MG), em parceria com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e com a Associação dos Economistas de Minas Gerais (Assemg). A premiação será entregue nesta quinta-feira (04/12), às 10 horas, na sede do BDMG, em Belo Horizonte.

Pablo Castro, que atualmente trabalha numa empresa de consultoria em São Paulo, desenvolveu a monografia como Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ao graduar-se em Ciências Econômicas pela Unimontes em 2013. O ex-aluno teve como orientadora a professora Luciana Maria Costa Cordeiro, que destaca a importância do trabalho elaborado pelo egresso da Unimontes.

CRITÉRIOS

Foi realizada uma análise criteriosa sobre o acesso ao sistema financeiro, com base no desenvolvimento das diversas regiões de Minas Gerais. “O estudo demonstra que há uma concentração de fluxos monetários em algumas regiões do Estado, com isso, essas regiões crescem mais do que as outras”, comenta a professora Luciana Cordeiro.

A orientadora observa que o trabalho do ex-aluno da Unimontes revela que o acesso aos serviços do sistema financeiro pode interferir diretamente no desenvolvimento regional. “O acesso ao sistema financeiro pode ajudar a romper as desigualdades regionais, fortalecendo o crescimento econômico. No caso específico do Norte de Minas, observamos que nos últimos anos a região experimentou avanços na área econômica”, afirma a professora do curso de Economia.

“Ganhar o terceiro lugar no Prêmio Minas de Economia foi muito gratificante para mim. Profissionalmente, esse prêmio é muito importante, principalmente para um economista recém-formado. Ele me deu uma injeção de ânimo para continuar atuando na área de pesquisa econômica”, afirma o egresso Pablo Castro.

Ele enaltece também a relevância do ensino na Universidade Estadual de Montes Claros. “Particularmente, acho o curso de Economia da Unimontes muito bom. Temos professores acessíveis e totalmente dispostos a ajudar aos acadêmicos no que precisarem. Basta querer e ter disposição em aprender, isto não é observado em outras universidades. A cada semestre, ingressam na instituição calouros cada vez mais motivados e dispostos em ajudar na melhoria do curso. Isso é muito bom e esse prêmio valorizará ainda mais o nosso curso”, declarou o ex-aluno, que também foi estagiário em projeto de pesquisa sobre microfinanças e o papel da inclusão financeira na redução da pobreza, coordenado pela professora Luciana Cordeiro.

Conforme Pablo Castro, a opção em fazer um estudo sobre a relação entre o acesso ao sistema financeiro e o desenvolvimento regional foi desenvolvido durante uma palestra sobre o tema, proferida pela professora Tânia Marta Maia Fialho, também docente do curso de Economia da Unimontes. “Os professores foram decisivos para conclusão da minha monografia e, consequente, para o prêmio”, reconhece o ex-aluno, que destaca ainda a contribuição da professora Luciana Cordeiro como orientadora.

A professora Tânia Marta Fialho trabalhou com a mesma temática ao concluir doutorado concluído na Universidade Federal de Minas Gerais, cuja tese defendida foi “Desenvolvimento do Sistema Financeiro e Pobreza no Brasil”. “O acesso ao sistema financeiro é uma questão premente na economia, com um grande impacto na redução da pobreza e no desenvolvimento da sociedade contemporânea”, observa.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).