Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Cidade do Paraná produz cachorro-quente com 8,72 m e bate recorde

Cidade do Paraná produz cachorro-quente com 8,72 m e bate recorde


Reviewed by:
Rating:
5
On 8 de dezembro de 2014
Last modified:15 de dezembro de 2014

Summary:

Cidade do Paraná produz cachorro-quente com 8,72 m e bate recorde

A casa de lanches Dogão do Elitinho, da cidade de Quatro Barras (PR), entra para o RankBrasil em 2014 pelo Maior cachorro-quente do país. Com 8,72 metros de comprimento e 91,15 quilos, a iguaria foi preparada em 7 de dezembro e distribuída gratuitamente na praça central aos alunos de escolas municipais e estaduais, e população em geral.

Cachorro-quente gigante é 58 vezes maior do que um de tamanho tradicional; salsicha foi produzida em cano de PVC / Foto: RankBrasil
Cachorro-quente gigante é 58 vezes maior do que um de tamanho tradicional; salsicha foi produzida em cano de PVC / Foto: RankBrasil

O desafio teve o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude. Para registrar o recorde, o fiscal do RankBrasil Luciano Cadari esteve presente conferindo peso e medidas. Ele oficializou o título com a entrega de troféu.

Segundo o empresário Wellington Fábio Benedetti, de 29 anos, o lanche gigante é 58 vezes maior do que um de tamanho tradicional, medindo 15 centímetros. “A maior dificuldade está relacionada à produção da salsicha e do pão, porque devem ser feitos inteiros”, comenta. A salsicha foi produzida em um cano de PVC após processo de esterilização e o pão ficou por conta da fábrica Cemcher & Ramos.

“Além de ser uma realização pessoal, o título brasileiro vai trazer um grande retorno como meio de divulgação e consequentemente, em relação à lucratividade. Outro aspecto positivo é que a cidade abraçou essa ideia organizando uma bonita festa”, diz o empresário.

Ao todo 10 pessoas participaram da produção do cachorro-quente, recheado com maionese, tomate, milho e batata palha. O recorde movimentou o município, localizado na Região Metropolitana de Curitiba. Paralelamente ocorreu o evento periódico Domingão da Família, oferecendo diversas atrações.

Conforme o secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude, Fernando Cunha, sua pasta tem a missão de fomentar a cultura, não apenas no contexto histórico e artístico, mas também no estímulo ao empreendedorismo, sobretudo da juventude.

“Quatro Barras possui inúmeras maravilhas gastronômicas, mas nunca teve um prato como referência na região. Com este recorde ganhamos o reconhecimento de cidade brasileira do hot dog: um prato simples, mas uma paixão nacional”, destaca.

A produção do lanche gigante ainda teve o apoio da Bid Materiais de Construção, Vitacor, Supermercado Oeste, Bebi Frios e Infinity Solutions.

Maior cachorro-quente do país mediu 8,72 metros de comprimento e pesou 91,15 quilos / Foto: RankBrasil
Maior cachorro-quente do país mediu 8,72 metros de comprimento e pesou 91,15 quilos / Foto: RankBrasil

Dogão do Elitinho

Natural de Castro (PR), o empresário Wellington trabalhou durante seis anos em uma rede de fast-food e depois decidiu abrir um negócio próprio. Em setembro de 2012 montou uma barraquinha de cachorro-quente e em abril de 2013 inaugurou sua lanchonete.

Atualmente o estabelecimento recebe pessoas de toda região oferecendo mais de 50 tipos de lanches: do tradicional ao Dogão Dinamite, medindo 60 centímetros, além de cardápio para crianças e dos doces, como chocolate com morango e banana com canela.

O empresário também já promoveu campeonato de quem come mais cachorros-quentes em três minutos, desafio que pretende fazer duas vezes por ano. Outro diferencial acontece nos finais de semana, apresentando sabores especiais entre costela de chão, barreado e estrogonofe de frango com champignon. “Vale tudo para chamar a atenção e atrair mais clientes”.

Ingredientes do cachorro-quente gigante

Pão: 20 kg e 8,72 cm

Salsicha: 9,25 kg
Maionese: 17,4 kg

Tomate: 25,5 kg
Milho: 12 kg
Batata Palha: 7 kg

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Sistema em manutenção programada. Nossos serviços estão indisponíveis até dia de hoje às 23:59h.