Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Assaltante faz funcionário dos Correios refém e rouba R$ 20 mil

Norte de Minas – Assaltante faz funcionário dos Correios refém e rouba R$ 20 mil

Vítima foi amarrada em uma sala e ouviu o suspeito conversar com um comparsa ao celular; homem fugiu em uma motocicleta e, até o momento, não foi localizado. 

Norte de minas - Assaltante faz funcionário dos Correios refém e rouba R$ 20 mil
Norte de minas – Assaltante faz funcionário dos Correios refém e rouba R$ 20 mil

Nesta segunda-feira (8)nessa segunda-feira (8), um homem armado entrou em uma agência dos Correios, em Padre Carvalho, no Norte de Minas , fez um funcionário refém e fugiu com cerca de R$ 20 mil.

O trabalhador contou à Polícia Militar (PM), que o homem entrou no estabelecimento, na rua São Geraldo, no centro da cidade, e anunciou o assalto. Ele mandou que as portas fossem fechadas e que o cofre fosse aberto.

O suspeito permaneceu no local falando ao celular com uma outra pessoa, que seria comparsa no crime. Depois de pegar o dinheiro, o suspeito amarrou a vítima em uma sala e fugiu em uma motocicleta.

Foi feito rastreamento, mas até o momento, ninguém foi preso.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).