Inicio » Minas Gerais » MG – Vereador de Unaí é acusado de abuso de poder político durante evento

MG – Vereador de Unaí é acusado de abuso de poder político durante evento

A Procuradoria Regional Eleitoral de Minas Gerais (PRE-MG) ingressou com Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra Thiago Martins Rodrigues, vereador do município de Unaí/MG que se candidatou a deputado estadual nas eleições de 2014. Também é réu na ação o locutor de rodeios Gleydson José Rodrigues de Oliveira.

Thiago Martins Rodrigues candidatou-se a deputado estadual nas eleições deste ano
Thiago Martins Rodrigues candidatou-se a deputado estadual nas eleições deste ano

Eles são acusados de abuso de poder político e se forem condenados estarão sujeitos à inelegibilidade para qualquer cargo político por prazo que pode ir até oito anos. Thiago Martins ainda poderá perder o cargo de deputado estadual, caso seja chamado a assumir uma vaga na Assembleia Legislativa. É que, embora não tenha sido eleito, ele obteve votação que lhe garantiu a suplência.

Os fatos ocorreram no dia 6 de setembro deste ano, quando o candidato, com apoio do locutor de rodeios, promoveu ostensivamente sua candidatura a deputado estadual durante a 54ª Exposição Agropecuária de Unaí, evento ao qual estiveram presentes mais de 10 mil pessoas. Gleydson Oliveira fez pedido expresso de voto em Thiago Martins em diversas ocasiões durante o evento do qual era figura central na condição de locutor.

Para a Procuradoria Eleitoral, “o candidato utilizou o prestígio de artista com forte inserção local para alavancar sua candidatura em evento patrocinado pelos cofres públicos [a Exposição Agropecuária recebeu subvenção pública no valor de 200 mil reais], transformando a festa cultural em evento assemelhado a showmício, em franca promoção de sua candidatura e em desrespeito à legitimidade das eleições”.

A gravidade do ato pode ser comprovada pela expressiva votação recebida pelo candidato em Unaí. Thiago Martins obteve 27.028 votos, dos quais 81% partiram das urnas daquele município, onde foi de longe o candidato mais votado. A ação será julgada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais.

Ministério Público Federal

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).