Inicio » Emprego » Montes Claros discute banco de empregos para deficientes visuais

Montes Claros discute banco de empregos para deficientes visuais

Os deficientes visuais de Montes Claros discutem no próximo sábado (13), a criação do Banco de Empregos e a falta de acessibilidade física e tecnológica, durante o “Dia D dos Deficientes Visuais – Dificuldades e Desafios”, nas comemorações do Dia Nacional dos Cegos. A partir das 9 horas será realizado o ato público na Praça Doutor Carlos, onde na Casa Sensorial, a população poderá vivenciar, de olhos vendados, as dificuldades dos deficientes visuais. Na parte da tarde, em seminário no auditório da Região Integrada de Segurança Pública, serão realizadas as palestras.

Montes Claros discute banco de empregos para deficientes visuais
Montes Claros discute banco de empregos para deficientes visuais

O evento é organizado pelo Lions Clube Montes Claros Novo Horizonte e a Associação dos Deficientes Visuais de Montes Claros, em parceria com o Núcleo de Sociedade Inclusiva da Universidade Estadual de Montes Claros e Santa Casa Olhos. O coordenador geral do evento, Rick Ralysson Martins, primeiro advogado cego do Norte de Minas, salienta que Montes Claros tem aproximadamente 400 deficientes visuais, mas esbarra nas dificuldades de articulação deles na luta pelos seus interesses.

Um dos maiores problemas vividos atualmente em Montes Claros é a acessibilidade física, pois nem todos espaços públicos contam com o piso tátil, que permite ao deficiente visual identificar como se deslocar. Uma conquista é o avanço tecnológico, com os deficientes visuais tendo acesso a equipamentos que facilitam suas ações, usando software específico. O coordenador Rick Ralysson dá um exemplo disso: atua na Procuradoria Municipal, onde com facilidade produz muitas petições judiciais.

A presidente do Lions Clube Montes Claros Novo Horizonte, Rita de Cássia Oliveira Bichara salienta que o clube, criado em outubro passado, tem foco na inclusão social, sendo o único clube do Norte de Minas a contar com um associado portador de deficiência visual. Por isso, comemorará em Montes Claros o “Dia Nacional do Cego”, em 13 de dezembro de 2014 e com isto, fortalecendo o movimento, que estava um pouco desarticulado.

Para chamar a atenção da população, será montada na praça Doutor Carlos, a Casa Sensorial, devidamente mobiliada em seu interior, simulando uma residência comum. Cristiane Matos, a criadora da Casa Sensorial, observa que isto permitirá que os portadores de deficiência mostrem à população como tem habilidades comuns a todas pessoas, pois os cegos fazem café, fritam ovos, usam computadores, arrumam a casa. Têm uma vida comum.

Porém os organizadores do evento fixaram um desafio: convidaram o prefeito Ruy Muniz e os vereadores de Montes Claros, os jornalistas, além da população em geral, a entrarem na Casa Sensorial, com os olhos vendados e com isto, conhecerem as dificuldades dos portadores de deficiência visual. Eles também serão convidados a de olhos vendados, percorrerem a praça Doutor Carlos.

Na parte da tarde, no auditório da Região Integrada de Segurança Pública, será realizado o Seminário Desafios dos Deficientes Visuais, onde o advogado Marco Aurélio Soares Junior abordará o tema “Mercado de Trabalho e Criação do Banco de Empregos dos Deficientes Visuais”. Simone Maria Oliveira Azevedo Rocha, do Núcleo de Sociedade Inclusiva da Unimontes, falará sobre “Acessibilidade Física e Tecnológica em Montes Claros”. A Santa Casa Olhos falará sobre a prevenção a cegueira. Por fim, será lida a Carta de Montes Claros em Defesa do Deficiente Visual.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).