Inicio » Mais Seções » Famosos » Diego Maradona toma 4 pílulas de Viagra por dia, diz TV argentina

Diego Maradona toma 4 pílulas de Viagra por dia, diz TV argentina

Um novo rumor na Argentina está ganhando força sobre a vida privada de Diego Maradona. De acordo com o programa de TV local El Diario de Mariana, do canal El Trece, o ex-jogador toma nada menos que quatro pílulas por dia de Viagra, remédio contra a impotência sexual, para manter relações com a namorada Rocío Oliva, 30 anos mais nova que ele.

Maradona, 53 anos, com a namorada Rocío Oliva, 23
Maradona, 53 anos, com a namorada Rocío Oliva, 23

Maradona, 53 anos, tem uma relação conturbada com Rocío, 23: em outubro, o ídolo do futebol argentino foi acusado de agredir a namorada após uma discussão em sua casa. Um vídeo publicado na internet e transmitido na TV do país mostrou o ex-jogador levantando de um sofá, caminhando em direção a mulher e supostamente lhe acertando um tapa. Maradona negou a agressão e, desde então, fez as pazes com Rocío.

Também segundo o canal El Trece, a ex-mulher de Maradona, Claudia Villafane, sempre solicita que uma ambulância esteja 24 horas por dia por perto e à disposição do astro, para qualquer emergência que possa surgir. O craque da Copa de 1986 já foi internado mais de uma vez por problemas no coração.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).