Inicio » Minas Gerais » Alto Paranaíba » MG – PC investiga se ex-prefeito de Patrocínio estuprou criança

MG – PC investiga se ex-prefeito de Patrocínio estuprou criança

A Polícia Civil investiga se Júlio César Elias Cardoso, 55 anos, ex-prefeito da cidade de Patrocínio, no Alto Paranaíba, estuprou uma menor de sete anos de idade. No sábado (13), a mãe da criança acionou a Polícia Militar (PM) para apresentar a denúncia. Um mandado de prisão preventiva foi expedido e o suspeito encontra-se detido. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Mulheres e a responsável é a delegada Laís Vieria Caetano.

MG - PC investiga se ex-prefeito de Patrocínio estuprou criança
MG – PC investiga se ex-prefeito de Patrocínio estuprou criança

De acordo com a mãe da vítima, a menina chegou em casa chorando e contou à ela que o homem teria pedido à criança que ela colocasse a boca no pênis dele. Ela se recurou, mas ele teria insistido de forma mais intensa, e ela acabou obedecendo. A menina frequenta a casa do ex-prefeito por ser amiga da filha dele.

O suspeito foi preso em sua casa sob a acusação de estupro de vulnerável. Em depoimento, ele negou todo o fato e contou à PM que estava de cueca e roupão a caminho de seu quarto e viu a menina de longe, em outro quarto. Ainda segundo o político, ele não enconstou a mão na criança.

Júlio César confirmou ter ingerido bebida alcoólica junto com sua esposa na manhã de sábado.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).