Inicio » Internacional » Oceania – Refém em café de Sydney envia mensagem de texto à mãe

Oceania – Refém em café de Sydney envia mensagem de texto à mãe

Um aprendiz de encanador que está sequestrado em um café em Sydney, na Austrália, contou para a mãe que era um dos reféns por uma mensagem de texto.

Três homens e duas mulheres conseguiram sair correndo do local após seis horas de sequestro
Três homens e duas mulheres conseguiram sair correndo do local após seis horas de sequestro

“Mãe, estou no café Lindt em Sydney”, escreveu.

Mel, a mãe, disse à rádio 2GB que recebeu a mensagem às 15h.

O sequestro começou na manhã desta segunda (15) na Austrália (noite de domingo, 14, no Brasil).

A mãe respondeu: “O que está acontecendo? Você está bem?”.

“Estou bem, mãe, não posso falar”, escreveu de volta o filho.

Segundo a imprensa local, os reféns estão usando os celulares e as redes sociais – inclusive para transmitir pedidos do sequestrador.

A polícia não informou quantos reféns há no café. Três homens e duas mulheres conseguiram sair correndo do local após seis horas de sequestro.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).