Inicio » Minas Gerais » MG – Polícia Civil procura por vereador suspeito de agredir moradora de Fronteira dos Vales

MG – Polícia Civil procura por vereador suspeito de agredir moradora de Fronteira dos Vales

A Polícia Civil está à procura de Wellington Gonçalves da Silva, 32 anos, vereador de Fronteira dos Vales, na região do Jequitinhonha. Ele é suspeito de invadir a casa de uma mulher de 42 anos e agredí-la.

MG - Polícia Civil procura por vereador suspeito de agredir moradora de Fronteira dos Vales
MG – Polícia Civil procura por vereador suspeito de agredir moradora de Fronteira dos Vales

A vítima contou à Polícia Militar (PM) que não possui vínculo algum com o político e que, ainda assim, ele apareceu na porta de sua casa no domingo (14) com o zíper da calça aberto e forçou a porta para entrar. Ela disse ter tentado impedí-lo, mas não conseguiu. Ele entrou na casa e em seguida deu um soco no olho direito da mulher, que também apresentou um arranhão no pescoço.

Ainda de acordo com a vítima, o vereador teria chamado a mulher de “piranha” e “vagabunda”. As agressões só cessaram quando populares contiveram o suspeito.

Quando os militares chegaram no local, o suspeito já não estava lá. De acordo com testemunhas, ele teria sido retirado da casa pelo irmão dele. Até o momento, o suspeito não foi localizado.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Fronteira dos Vales, onde está sendo investigado o caso.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).