Inicio » Mais Seções » Nascimento de Kandinsky completa 148 anos e ganha Doodle

Nascimento de Kandinsky completa 148 anos e ganha Doodle


Reviewed by:
Rating:
5
On 16 de dezembro de 2014
Last modified:16 de dezembro de 2014

Summary:

Nascimento de Kandinsky completa 148 anos e ganha Doodle

Os 148 anos de nascimento do artista russo Wassily Kandinsky são lembrados nesta terça-feira (16). O pintor nasceu em Moscou, mas adquiriu as nacionalidades alemã e francesa. É considerado o criador do abstracionismo, e também foi professor da Bauhaus, escola de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda na Alemanha.

Nascimento de Kandinsky completa 148 anos e ganha Doodle
Nascimento de Kandinsky completa 148 anos e ganha Doodle

A trajetória e as ideias de Kandinsky, estão, desde novembro, em exposição pela primeira vez na América Latina. A mostra “Tudo começa num ponto” tem 72 obras e convida o público a conhecer a vida do pintor, além de experimentar um mergulho nas raízes de seus pensamentos por meio de textos, sons e imagens. Para aprofundar esta experiência, há ainda uma sala de imersão sensorial interativa, onde é possível vivenciar os conceitos desenvolvidos por Kandinsky.

A exposição é gratuita e está no Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília até o dia 12 de janeiro, quando seguirá para o rio de Janeiro. Depois, as obras passam ainda por Belo Horizonte (em abril), e São Paulo (em julho), onde permanecem até setembro.

Participando da comemoração pelo aniversário de Kandinsky, o Google criou um Doodle que faz homenagem ao pintor russo. A imagem pode ser vista na página inicial do site de buscas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).