Inicio » Política » Petição que pede cassação de Bolsonaro passa de 220 mil assinaturas

Petição que pede cassação de Bolsonaro passa de 220 mil assinaturas

A petição no site Avaaz, que pede a cassação do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), passou de 220 mil assinaturas nessa segunda-feira (15). O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS), afirmando que “não a estupraria porque ela não merecia”.

O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS)
O movimento foi criado na noite de terça-feira (9), após Bolsonaro agredir verbalmente a deputada Maria do Rosário (PT-RS)

Na descrição, o criador da petição justifica que o deputado já tem um histórico de agressões, xingamentos e discursos de ódio contra outros colegas parlamentares de frentes mais progressivas.

Veja a íntegra do texto que está na página com a petição do site Avaaz.

— CHEGAMOS AO 200 MIL—
A LUTA CONTINUA! Essa petição é de todos nós que defendemos a democracia, por isso divulgue nos seus grupos, com seus amigos! FAÇA PARTE DA HISTÓRIA!!!
#Rumo500milassinaturas
#ForaBolsonaro

No Facebook – Um evento foi criado na rede social Facebook em defesa da deputada Maria do Rosário (PT-RS) e já conta com mais de onze mil “confirmações”. Os adeptos do#FORABOLSONARO são convidados a participar de um ato de repúdio, marcado para esta quarta-feira (17), às 14h, na Câmara dos Deputados.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).